Iluminação FirminopolisAcatando pedido do promotor de Justiça Ricardo Lemos Guerra, o juiz Eduardo Gerhardt determinou liminarmente que o município de Firminópolis instale, no prazo de 45 dias, a iluminação pública adequada em toda a extensão da Avenida Mariana, no Setor Juliana, em Firminópolis, sob pena de multa diária de R$ 1 mil.

De acordo com a ação, a avenida não conta com rede de energia elétrica, embora seja cobrada dos consumidores a contribuição de iluminação pública. No ano passado, o promotor requereu informações da prefeitura sobre a questão, que alegou que grande parte da rua contava com iluminação pública. Diligências do MP, no entanto, constataram que havia apenas dois postes de luz com lâmpadas queimadas, próximos à residência de um dos consumidores que procuraram a Promotoria local.

Nas proximidades dessa casa, os postes ficavam a mais de cem metros de distância um do outro, não proporcionando iluminação adequada. Na sequência, o MP requereu a substituição das lâmpadas queimadas e colocação de postes na avenida, o que não foi feito até o momento, mesmo tendo sido reiterada a solicitação.

No mérito, o promotor requereu a condenação do município na obrigação de colocar à disposição dos moradores daquela rua, em definitivo, a iluminação pública, sob pena de multa diária de R$ 10 mil. (Cristiani Honório / Assessoria de Comunicação Social do MP-GO)