Precedida pela tradicional queima do alho, que aconteceu um dia antes, a tão esperada cavalgada da pecuária, realizada nesse sábado, 3, deu início oficialmente à 41ª Expoagro de São Luís de Montes Belos. Mais uma vez o desfile com animais bovinos e equinos pelas ruas e avenidas da cidade foi uma atração à parte do evento.

 

Vários pontos marcaram o evento. Novamente o atraso na saída da cavalgada foi o assunto do dia. Programada para ter início ao meio dia, os animais, guiados por alguns carros de boi, começaram as 14h30. Com 2 horas e meia de atraso, o clima entre os participantes e o público ficou tenso.

 

Vários fatores contribuíram para que o atraso pudesse acontecer. Entre eles a proibição do acesso de animais ao interior do Parque Agropecuário. Por causa da suspeita de um cavalo estar contaminado com Mormo, nenhum animal entra ou sai do local. A organização do evento reclama da Agrodefesa por realizar os exames em cima da hora, uma vez que os resultados oficiais em casos de suspeitas só ficam prontos em dois meses.

 

Nesse clima, com a proibição do acesso, vários cavaleiros se dispersaram com seus animais e foram para outro ponto de concentração, na Rodovia GO-060, próximo ao trevo com a GO-164. Dois grupos se formaram e um ficou esperando o outro para se juntarem. Não bastasse isso, o pessoal responsável pelos carros de bois, se recusou a sair sem almoçar.

 

Durante todo o trajeto, com início na Rua São Domingos, passando pela Avenida Hermógenes Coelho, Rua Rio da Prata e Setor Aeroporto, a população aguardava com ansiedade pela passagem do desfile. Mesmo com a demora, milhares de pessoas não perderam a empolgação e prestigiaram a festa.

 

Mais um ponto negativo foi o grande número de pessoas ingerindo bebida alcoólica durante o desfile. A organização do evento e as autoridades orientaram, mas boa parte das pessoas não obedeceu. Em função desse comportamento, diversas ocorrências foram registradas pelo Copom da Polícia Militar durante e após o desfile.

 

Sobre o número de pessoas e animais que participaram da cavalgada, a Polícia Militar estima que cerca de 2 mil animais participaram do desfile, entre bovinos e equinos. Ainda de acordo com a PM, cerca de 3 mil pessoas acompanharam em todo o trajeto.

 

Para participar da festa a idade não era o critério mais importante. De 3 anos aos 85 anos todos se uniram em torno da beleza do evento. Os produtores rurais Chico Ferreira e Zequinha Roberto, junto a familiares, também marcaram presença, na grande tenda da Spool.

 

Várias autoridades do município e da região também marcaram presença. Dentre elas a roubou as cenas foi o senador Ronaldo Caiado, que também participou do desfile. Ao lado do ex-prefeito Sandoval da Matta, o tempo todo, Caiado cumpriu todo o trajeto da cavalgada. O prefeito Major Eldecírio, ao lado da esposa, do secretário de obras, Cocá, e de Cristina Vieira, desfilou em um carro de boi.

 

A Polícia Militar, da 20ª CIPM, através do comandante Major Sandro, ficou preocupada com os resultados de alguns pontos que podem ser melhorados. “Para o próximo ano, vamos fazer um trabalho com mais antecedência para evitarmos vários problemas que só dependem de planejamento. Uma ação conjunta entre organização e órgãos oficiais como Polícia Militar, Polícia Rodoviária, Corpo de Bombeiros, Agrodefesa, Ministério Público e Prefeitura pode surgir muitos resultados positivos”, disse o comandante.

 

Por: Edivaldo do Jornal