Recentemente, a prefeitura de São Luís de Montes Belos, através da Secretaria Municipal de Obras, instalou na Avenida Hermógenes Coelho, nas imediações do Supermercado Sacola Cheia, tachões refletivos de forma transversalmente, o que é proibido por pelo Contran. A intenção da administração era a de proporcionar uma redução na velocidade dos veículos e motos que passam por aquela via diariamente.

 

De acordo com o § 2º, do Artigo Primeiro, da Resolução n. 600, do Conselho Nacional de Trânsito – Contran -, “É proibida a utilização de tachas, tachões e dispositivos similares aplicados transversalmente à via pública”. Esse tipo de redutor de velocidade é proibido por causas vários danos aos veículos, como corte e deslocamento pneus.

 

O fato foi de denunciado pelo vereador Alex dos Garis nas redes sociais e no Ministério Público. Diante da repercussão negativa causada em torno do assunto, o secretário de obras Elder Cocá, imediatamente determinou a remoção dos tachões das duas vias e assumiu que realmente errou por não pesquisar a Lei.

 

Apesar de o secretário frisar que o prefeito não tem participação no caso, por se tratar de uma Lei, (Resolução do Contran), sendo ele também uma autoridade policial e de alta patente, esperava-se que pelo ele tivesse conhecimento da referida proibição. “Eu não acredito que o prefeito não da instalação desses tachões naquele local”, disse o vereador Alex dos Garis.

 

Leia a matéria na íntegra, na edição impressa do A Voz do Povo, que irá circular nessa semana.

 

Por: Edivaldo do Jornal