Apesar de ter sido publicada no Diário Oficial nesta semana, medida já era adotada desde o ano passado. Se o motorista for multado nos trechos, pode recorrer da multa.

Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop) oficializou nesta semana que motoristas não serão multados por trafegar durante o dia com o farol desligado nos perímetros urbanos de rodovias estaduais que saem de Goiânia. Nos demais trechos é obrigatório acender as luzes.

Apesar de a regra ter sido publicada no Diário Oficial do Estado na última quarta-feira (27), a medida já era adotada desde o ano passado. Na época, o presidente da Agetop, Jayme Rincón, explicou que a medida visava não criar uma indústria de multas.

De acordo com a agência, se algum motorista for multado por dirigir com os faróis desligados nos perímetros urbanos demarcados, ele pode recorrer. Para isso, é necessário entrar com um recurso na Junta Administrativa de Recursos de Infração (Jari) da Agetop que se iniciará o processo de anulação da infração.

O valor da multa é de R$ 130,00. Além disso, o condutor soma quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Saiba a partir de qual ponto é necessário acender o farol nas saídas de Goiânia:

 

-GO-010 – saída para Bonfinópolis – km 5.4, Av. Goiânia, Vila Pedroso;

-GO-020 – saída para Bela Vista- km 11, Autódromo Ayrton Senna;

-GO-040 – saída para Aragoiânia- km 10, final da duplicação;

-GO-060 – saída para Trindade – km 6.5, Complexo Vale do Cerrado;

-GO-070 – saída para Inhumas – km 6.6, Condomínio Parque Morumbi;

-GO-080 – saída para Nerópolis – km 1.4, Rua Dr Napoleão R. Laureano;

-GO-319 – saída para Nova Fátima – km 15, Rua Transversal Sul, Vila São Manuel;

-GO-403 – saída para Senador Canedo – km 4.5, Colônia Santa Marta;

-GO-462 – saída para Nova Veneza) – km 2.1, Rua PB-1, Parque Balneário.

Fonte: G1/Goiás