A equipe do Grupo de Patrulhamento Tático (GPT), de Iporá, prendeu na manhã desta quarta-feira, 8, o traficante Leonardo Rezende Freitas, que já tinha passagem pela polícia, por tráfico de drogas e que agora volta para a prisão diante de novo flagrante, o que é feito após abordagem. Nos últimos dias ele tinha ameaçado de morte seus devedores, usuários de drogas que tinham dívidas junto a ele.

Para se chegar, primeiramente, a Leonardo Rezende Freitas, o GPT deparou com um menor de idade e outros dois elementos maiores de idade, encontrados na rodoviária de Iporá e suspeitos de furtarem o veículo VW Fox, TL MB, placas: PAE-8055, e mais uma espingarda calibre 20, setecentos reais em dinheiro, 01 e um celular, todos estes objetos furtados em uma fazenda no município de Arenópolis.

Ao realizar a abordagem foram encontradas drogas com os dois elementos e a chave do veículo. Nesse instante o celular de um deles começou a tocar, denotando ser usuário em busca de compra de droga. Nesse aparelho foi encontrada conversa em procurava vender o veículo Fox.

Quando os militares perguntaram sobre os objetos disseram da origem destes, citando Alciou Júnior como autor do furto do carro. Disse também sobre o paradeiro dos objetos escondidos. A essa altura da conversa fizeram referência ao traficante Leonardo Rezende Freitas e que o veículo foi trazido a Iporá para ser entregue a este como forma de pagamento de dívida por compra de drogas.

Os dois elementos disseram que já vieram a Iporá buscar droga com Leonardo para revenda. Disseram das ameaças de Leonardo em razão das dívidas. Citou esta quarta-feira, 8, como data em que pegou droga com o traficante Leonardo. Citou o local onde o carro estava, para onde se dirigiu o GPT e em patrulhamento abordou Leonardo na Rua João Teodoro, acima do Lago Pôr-do-Sol. Com esse traficante encontraram droga em peso aproximado de 60 gramas. Com o traficante foram encontrados dinheiro em valores pequenos, o que caracteriza venda a varejo de drogas, além de celulares e documentos pessoais.

Traficante e objetos foram levados para a Delegacia de Polícia onde foi lavrado o flagrante que conduziu Leonardo Rezende Freitas de volta ao presídio para pagar mais uma pena.

Quanto aos outros elementos prosseguem os procedimentos com vistas a possíveis penalidades. Pelo GPT, atuaram na ocorrência os militares 3° SGT Wagner, 3° SGT Da Silva, 3°SGT Rafael, CB Furtado, CB Hugo César e SD Sousa.

Fonte: OesteGoiano