Por volta de 19h45, desta terça-feira, 14, a Rodovia GO-417, que liga São Luís de Montes Belos à Aurilândia, foi palco de mais uma tragédia envolvendo um acidente de trânsito. Desta vez a vítima foi Gustavo Severo Teodoro, um garoto de apenas 16 anos de idade.

Ao passar pela rodovia, montado em uma mula, nas proximidades do Parque de Exposições Agropecuárias, Gustavo perdeu o controle do animal, que invadiu a pista e chocou-se frontalmente com um veículo, Fiat Strada, que seguia sentido a Aurilândia. O adolescente veio à óbito no local.

O condutor do veículo, o moto-taxista Divino Dias de Souza, foi socorrido por uma unidade do Samu e levado para o Hospital Municipal de São Luís de Montes Belos para observação. Ele foi liberado em seguida por não ter sofrido nenhum ferimento.

Gustavo era filho de Daniel e Fernanda Severo e neto do empresário do segmento de leilões de animais, Amado Severo. O pai dele mora no exterior. O adolescente era apaixonado por cavalos. A sua morte deixou a família e amigos mais próximos em choque. Através das redes sociais, a notícia trágica se espalhou rapidamente e causou comoção em várias pessoas.

A mula, que carregava Gustavo, devido aos vários ferimentos que ela sofreu, provocados pela batida, foi sacrificada por um médico veterinário.

Segundo a Polícia Militar Rodoviária Estadual, que atendeu a ocorrência e preservou o local até a chegada do Instituto Médico Legal – IML – de Iporá, o corpo da vítima foi recolhido cerca de três horas depois do acidente, por volta de 22h45.

De acordo com uma fonte, os procedimentos para a liberação do corpo do adolescente pelo IML terão início somente às 07 horas, horário que o médico legista começa a trabalhar, e que o corpo deverá chegar à São Luís por volta de 11 horas. Esta fonte não soube informar os motivos de o órgão estar sem médico plantonista.

Uma demora que só contribui para aumentar ainda mais a dor e a angústia da família. Esta matéria terá desdobramentos e será atualizada a qualquer momento.

O velório foi realizado na Funerária LIV e o sepultamento aconteceu no Cemitério Park São José sob clima de forte comoção. Um grupo formado por amigos de Gustavo prestou emocionantes homenagens em sua despedida. O cortejo foi acompanhado pelos jovens montados a cavalos e no Cemitério, antes de enterrar o corpo, uma mensagem de despedida foi lida ao estilo de um narrador de rodeio, acompanhada do toque de um berrante.

“Nesse momento foi difícil conter as lágrimas”, disse o estudante Rogério. “Que tristeza ver um rapaz tão novo perder a vida assim, tão precocemente. Que Deus conforte os pais e a toda a família”, deseja Izabel Cristina. “Eu nunca vi, aqui em nossa cidade uma despedida tão emocionante. Como não se desmontar em lágrimas?”, questiona o amigo Lucas Queiroz.

Este foi o segundo acidente com vítima fatal ocorrido nesta rodovia no intervalo de três dias. O primeiro aconteceu entre Aurilândia e Cachoeira de Goiás, no domingo, dia 12. Onde a enfermeira Juliana Silva, de 30 anos, perdeu a vida após ser vítima de um acidente, onde a motocicleta em que ela estava na garupa, ao tentar se desviar de um buraco, saiu da pista.

Por: Edivaldo do Jornal / Fotos: redes sociais