Em sanduicheria em Iporá (Scalibur), em frente ao Rodo Car Auto Posto, uma briga envolvendo algumas pessoas e uma troca de tiros resultou em duas mortes: Bruno Alves Pires e Jefferson Silva Félix Paiva. Isso foi na manhã deste domingo, 24.

A Polícia Militar foi chamada ao local e quando chegou deparou com cena horrível de corpos caídos e os quais, com a vinda do Samu foram constatados como já em óbitos. Tratava-se um acerto de contas entre pessoas, advindo de problemas anteriores.

Assim que a Polícia chegou, o local foi isolado para todo trabalho de levantamento sobre a forma como aconteceram os crimes. 

Segundo informações, os dois que foram mortos iniciaram uma discussão com David Morais Dias, que é funcionário do local. Segundo informações, Davi é autor de um assassinato tempos atrás e que, por isso, os dois discutiam com ele sobre rixas antigas.

À essa altura da discussão, chegou em veículo ao local um irmão de David, Tiago Moraes Dias e que, portando uma arma de fogo, juntamente com seu tio, por nome de Uanderson e que tem o apelido de Loucura, começou a atirar em direção às vítimas. Os dois foram mortos no local.

Uma terceira pessoa levou um tiro na boca e foi levado ao Hospital Municipal e, em seguida, para Goiânia. David Morais Dias fugiu do local, mas teve que ir ao Hospital Municipal pois também levou um tiro no braço. 

Tiago Moraes Dias, autor dos disparos e mortes, está foragido e até o momento a PM não logrou êxito em localizá-lo e prendê-lo, nem mesmo obter a arma usada nos crimes. Uanderson, tio do autor dos disparos e que deu apoio nos homicídios, também ainda não foi localizado. No local das mortes a perícia recolheu cápsulas de arma de calibre 38.

Fonte: Jornal Oeste Goiano