Corpos foram encontrados por fazendeiro que passava pelo local. Até a noite de segunda-feira, apenas um jovem, de 21 anos, de Jataí, tinha sido identificado.

A Polícia Civil investiga o que aconteceu com três homens que foram encontrados mortos às margens da BR-158, em Caiapônia, na região sudoeste de Goiás. A suspeita, segundo a corporação, é que eles tenham sido assassinados em outro local com tiros e facadas e os corpos deixados ali há pelo menos cinco dias. Apenas um deles foi identificado.

“O que nos chamou a atenção foi a posição dos corpos, pois todos estavam dispostos da mesma forma, os pés, as cabeças”, contou a perita Thaís de Sousa Pinheiro.

Os corpos das vítimas foram encontrados na tarde de segunda-feira (25) por um fazendeiro que passava às margens da rodovia, nas proximidades do Córrego das Antas. Ele acionou a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que isolou a área até a chegada dos peritos.

Segundo a polícia, apenas um dos homens portava documentos e já foi identificado. Se trata de John Wayne, de 21 anos, que era natural de Jataí, também no sudoeste do estado.

Já os outros dois não tinham sido identificados até a noite de segunda-feira, mas, a corporação acredita que eles também sejam moradores da mesma cidade.

Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Iporá, que fica na mesma região. Os que ainda não foram identificados foram submetidos a exames e o resultado deve sair ao longo do dia.

 

Fonte: G1/Goiás