Na manhã desta quinta-feira, 8, 5 funcionários da garagem da prefeitura de São Luís de Montes Belos estão sendo ouvidos pelo promotor Wessel Teles de Oliveira, titular da 2ª Promotoria de Justiça sobre a denúncia relacionada à gastos excessivos com combustíveis feitos pela atual administração municipal.

O ministério Público instaurou procedimento administrativo para apurar denúncia feita pelo vereador Alex dos Garis, na qual ele afirma que no ano de 2017 a gestão do prefeito Major Eldecírio gastou valores exorbitantes com veículos que estão parados, sem nenhuma atividade há mais de dois anos.

Um dos exemplos citados pelo vereador é um caminhão coletor de lixo (Foto), que está sem rodas e motor desde a gestão anterior. O referido veículo, de acordo com relatório de controle de veículos e combustíveis, fornecido pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), teria consumido no ano de 2017 mais de 22 mil litros de óleo diesel.

Segundo Alex dos Garis, nesse relatório do TCM constam ainda inúmeros veículos em situação semelhante. O vereador desconfia que esse crime vem ocorrendo há muitos anos em São Luís de Montes Belos. Além do Ministério Público, o vereador levou o caso também ao TCM e à Polícia Civil.

O ex-vereador e jornalista Edivaldo do Jornal protocolou na Câmara Municipal, no último dia 6, o pedido para a instauração de um procedimento, que pode ser uma Comissão Especial de Investigação (CEI), para apurar o caso. Que deverá ser apreciado pelos vereadores na sessão do próximo dia 13.

Um dos servidores do município que irá prestar depoimento ao MP disse a esta reportagem que ele e os colegas vão se pautarem pela verdade na conversa com o promotor. “Vamos dizer a verdade. Nada mais que a verdade”, disse.

Fato grave. O vereador Alex dos Garis afirma que tem um funcionário que disse a ele que está sendo intimidado e ameaçado. O vereador diz que iria levar o fato ao conhecimento do promotor de justiça.

Esta reportagem tentou falar com o prefeito Major Eldecírio sobre o caso, mas não obteve retorno. O espaço fica aberto para caso ele queira dar a sua versão dos fatos.

Esta matéria será atualizada para a edição impressa do A Voz do Povo, que irá circular nos próximos dias.

Por: Eduardo Guedes