Atendendo à denúncia feita pela população, no início da noite desse sábado, 10, após abordagem e busca pessoal a uma pessoa em atitude suspeita, a Polícia Militar prendeu um grupo de traficantes que agia no Espelho D`água de São Luís de Montes Belos, tirando o sossego de quem frequenta o local. Maycon Stef de Lyns, 23, condutor de um veículo VW/Gol, cor vermelha, estava comercializando drogas na região do espelho d’água.

Com o apoio da equipe composta pelos Sargentos Adeverson e Felipe, outros suspeitos também passaram por uma minuciosa revista. Durante a busca pessoal foram encontrados na carteira de Maycon 17 adesivos da droga LSD e dentro do veículo uma máquina de passar cartão, duas facas e dois canivetes nos quais apresentavam resquícios de uma substância aparentando ser de maconha.

Em seguida, Guilherme Gonçalves de Andrade Ferreira, 24, de acordo com os policiais, teria repassado para o colega Ivan Felipe Miguel Bezerra, 18, uma porção com 172 gramas de maconha, envolta em um plástico filme. Além da droga, foram apreendidos com Ivan R$ 300,00 em dinheiro. Maycon confessou aos policiais que estava comercializando as drogas sim e que em sua casa teria mais droga.

Com apoio da equipe do Sargento Alberto e Cabo Aparecido, foi realizada uma busca domiciliar na casa de Maycon, onde foram encontrados mais dois tabletes da substância maconha com aproximadamente 101 gramas, 43 gramas de cocaína, uma balança de precisão digital, duas máscaras fantasma, um rolo de plástico filme utilizado para acondicionar a droga, um pote de vidro de três litros com pinos para acondicionar a cocaína, um aparelho celular, inúmeras notas promissórias com nomes de usuários de entorpecentes, R$ 1.492,00 em dinheiro e com outro suspeito foram encontrados mais 170 gramas de uma substância aparentando ser maconha e quatro papelotes e um pino de cocaína.

Diante da situação foi proferida voz de prisão em flagrante aos suspeitos pelo crime da Lei 11.343/06, em seu Artigo 33 (tráfico), sendo todos encaminhados ao hospital municipal para relatório médico, sendo o veículo guinchado, ficando à disposição da justiça e posteriormente os envolvidos e produtos apreendidos foram apresentados a autoridade competente para procedimentos que o caso requer.

Por: Edivaldo do Jornal, com informações da 20ª CIPM