A cidade de São Luís viveu uma sexta-feira”13” típica dos supersticiosos. Além de vários acidentes de trânsito registrados em diversos pontos, por volta de 10h30 da manhã a Polícia Militar foi acionada para averiguar uma possível tentativa de homicídio, ocorrida na porta do Núcleo de Controle de Vetores (antiga Funasa).

No local, os policiais encontraram a agente Luciana da Silva Alves, 39, deitada ao chão com vários ferimentos. Ela foi vítima de quatro golpes de faca, dois na região do tórax, um na cervical e outro na mão esquerda. O autor da tentativa de homicídio era o ex-marido da vítima, Fernando Pereira Guedes, 37.

Segundo informações de pessoas que presenciaram a cena, Fernando chegou na porta do órgão e pediu para falar com a ex-esposa. Momento depois gritos de socorro ecoaram. Quando os colegas foram socorrê-la, Luciana (foto ao lado) estava deitada e toda ferida. Quando um dos colegas chamou a Polícia Militar, Fernando se evadiu, mas voltou para terminar o que havia começado.

Antes de fugir novamente, o ex-marido de Luciana desferiu sobre ela novos golpes de faca, além de um chute em sua barriga. Uma unidade do Corpo de Bombeiros chegou rápido ao local e prestou à vítima os primeiros socorros. Em seguida ela foi encaminhada ao Hospital Municipal. Onde foi atendida prontamente pelos profissionais de plantão.

Enquanto isso, várias equipes da Polícia Militar se juntaram no sentido de fazer uma varredura pela cidade à procura do autor. Com a ajuda da própria vítima, os policiais foram até a residência de Fernando. Quando chegaram ao local se depararam com o corpo do mesmo pendurado por uma corda a uma mangueira.

Diante do ato impensado que acabara de cometer, o de tentar tirar a vida da mãe do seu próprio filho, Fernando comete outro ato semelhante. O de tirar a própria vida. O caso chocou a muita gente. Momentos depois, pelas redes sociais inúmeras pessoas já comentavam o fato.

O casal estava separado há alguns meses e segundo informações de pessoas que conheciam os dois, Fernando não se conformava com a separação e constantemente ele procurava a ex-mulher em seu local de trabalho. Luciana tem dois filhos, sendo um com Fernando.

Apesar de os ferimentos terem sido superficiais, sem perfuração de nenhum órgão, Luciana continuou internada no Hospital Municipal para sua segurança e pelo fato dela estar muito abalada pelo ocorrido. Até a tarde desta sexta-feira o quadro dela, de acordo com uma fonte, era tranquilo.

O corpo de Fernando foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Iporá. Esta reportagem não obteve a informação sobre onde o mesmo foi velado e sepultado.

Por: Edivaldo do Jornal, com informações da 20ª CIPM / Fotos: A Voz do Povo e redes sociais