Durante os dias 4 e 5 desse mês, quase mil pessoas se comoveram com o caso das crianças Enzo Miguel, Ana Luiza, Karina Rodrigues e Jhuan Gabryel, da cidade de Itapirapuã. Portadores de Leucemia, ambos precisam com urgência do transplante de medula óssea.

E o Grupo Mãos Solidárias de São Luís, em parceria um grupo de Itapirapuã, foi atrás de doadores. 939 pessoas compareceram à Faculdade Montes Belos e ao Posto de Saúde Central e doaram algumas gotinhas de sangue para a realização do teste de compatibilidade. O resultado surpreendeu os organizadores da campanha.

“É com imensa gratidão que agradeço a todos vocês pelo apoio à nossa campanha. Agradeço a Deus, em primeiro lugar, por ter nos abençoado do início ao fim, pelas 939 coletas de sangue na cidade de São Luís de Montes Belos… Agradeço a todos os apoiadores da nossa Campanha e que Deus abençoe a cada um de vocês…”, disse Pedro Henrique Vasconcelos, um dos organizadores.

Além do Pedro Henrique, também estiveram à frente da campanha, de forma mais assídua, a Márcia Pereira dos Santos e a Érica Ferreira. Ambos ficaram surpresos e felizes com o resultado do esforço de toda a equipe do Grupo Mãos Solidárias. O grupo agradece todos os apoiadores, em especial aos doadores.

De acordo com os organizadores, esta campanha começou com uma parceria com um grupo de Itapiurapuã, que tem o mesmo nome e que desenvolve as mesmas atividades solidárias.

Durante várias semanas o Grupo, pela imprensa, pelas redes sociais e locais estratégicos fez apelo à toda a população de São Luís de Montes Belos e das cidades vizinhas, para que fizesse a doação de sangue para o teste de compatibilidade.

Pedro Henrique, Márcia Pereira dos Santos e Érica Luzia Ferreira Cortes sempre destacaram, de forma simples, mas muito convincente, que o objetivo da campanha era o de encontrar doadores compatíveis com o Enzo, Ana, Karina e Jhuan. E eles conseguiram sensibilizar a muita gente.

Érica, Márcia e Pedro participaram ao vivo de todas as emissoras de rádio de São Luís e anunciaram que uma unidade do Hemocentro de Goiânia estaria em São Luís de Montes Belos nos dias e locais anunciados realizando a coleta de sangue.

De acordo com eles, Enzo Miguel é um menino de apenas 3 anos de idade, que sofre muito com a leucemia e precisa urgentemente de um transplante de medula óssea. Assim como as demais crianças que estão em situação semelhante.

“O Grupo Mãos Solidárias da Cidade de Itapirapuã abraçou a causa desse garoto e conseguiu mobilizar muitas pessoas em busca de um doador compatível. Sabemos que é muito difícil encontrar alguém compatível, por isso essa campanha não pode parar”, disse Pedro.

O Grupo Mãos Solidárias desenvolve um trabalho social em São Luís de Montes Belos há vários anos. Ao longo desse tempo diversas famílias carentes do município foram atendidas com medicamentos, cestas de alimentos, material escolar, entre outros tipos de ajuda.

“Vivemos de pedir. Pedimos a ajuda da população. Sem o apoio da sociedade seria impossível realizar o nosso trabalho. Um trabalho voluntário que nos dá prazer”, frisa Márcia Pereira.

Por: Edivaldo do Jornal / Fotos: redes sociais