Na tarde desta segunda-feira, 24, a população da pequena e pacata Aurilândia parou para acompanhar a trágica notícia do encontro de um cadáver nas águas do Rio São Domingos, que corta a área central da cidade.

Por volta das 15 horas, a Polícia Militar de Aurilândia recebeu a informação de que um corpo humano havia sido encontrado boiando no Rio. Tratava-se do trabalhador rural Aparecido Santos de Souza, de 50 anos.

O corpo foi visto por uma pessoa da cidade que imediatamente informou à polícia. Momentos depois o local foi tomado por curiosos que queriam saber quem era e as circunstâncias da morte da vítima. A Polícia Militar acionou o Corpo de Bombeiros de São Luís de Montes Belos para resgatar do corpo do Rio.

Uma unidade dos Bombeiros chegou rápido e, sob o comando do Tenente Garcia, deu início à operação de resgaste ao corpo do trabalhador rural. Não demorou muito e sob olhares de uma multidão de curiosos, os bombeiros militares trouxeram à beira da praia o cadáver de Aparecido Santos, já em estado de decomposição.

De acordo com o delegado, Dr. Antonio Machado de Azevedo, o caso, preliminarmente, está sendo visto como um afogamento simples, mas segundo ele, a apuração e a conclusão do inquérito se dará com os laudos a serem emitidos pelo Instituto Médico Legal (IML), de Iporá, que recolheu o corpo para ser autopsiado.

Ainda, segundo o delegado, testemunhas contam que a última vez que a vítima foi vista, ela estava com uma garrafa de pinga nas mãos, comprada momentos antes. Que Aparecido teria dito que estava indo para o rio, onde há informação que lá ele estava desde o último domingo.

Também, familiares da vítima teriam relatado ao delegado que ela tinha problemas de saúde. O que leva a suscitar a possiblidade de haver relação com a causa do afogamento. “Não podemos afirmar nada. Sem os laudos do IML em mãos, estas informações são apenas conjecturas”, disse Dr. Antonio Machado.  

O corpo do trabalhador rural foi enterrado no final da manhã desta terça-feira, 25, no cemitério municipal de Aurilândia, sob forte comoção de familiares e amigos.

Esta matéria poderá ser atualizada a qualquer momento.

Por: Edivaldo do Jornal / Fotos: Valéria e Redes Sociais