A Polícia Civil disponibiliza pela internet a 2ª via simplificada de RG; veja como pedir

Documento pode ser feito de casa pela internet cadastrando os documentos pessoais. Retirada deverá ser feita pelo solicitante em unidade do Vapt-Vupt.

 Polícia Civil disponibilizou pela a internet 2ª via simplificada do Registro de Identidade (RG). O documento pode ser feito de casa pela internet cadastrando os documentos pessoais (veja abaixo como pedir).

Para solicitar, é preciso que a pessoa tenha um RG recente, emitido nos últimos três anos – desde 2019. Depois, basta fazer o requerimento pela internet, no site na Secretaria de Segurança Pública de Goiás.

É necessário preencher os campos com o CPF, telefone e e-mail corretamente. Após o pedido ser processado, será emitido um boleto com uma taxa para pagamento em até sete dias úteis.

Durante a solicitação, o cidadão precisa escolher a unidade Vapt-Vupt onde pretende buscar o documento impresso, devendo agendar horário para atendimento. Em Goiânia e na Região Metropolitana, o documento fica pronto em até 10 dias. Já no interior, são 15 dias úteis, após o pagamento do boleto.

A Polícia Civil ressalta que somente o dono do documento poderá retirá-lo no Vapt-Vupt. No dia de pegar o documento impresso, o cidadão deverá realizar a autenticação biométrica e também apresentar a certidão de nascimento ou casamento.

RG digital

A Polícia Civil ressalta ainda que também já à disposição da população o RG Simplificado. Disponível nas lojas de aplicativos Android ou IOS, o aplicativo RG Digital Go pode ser baixado pelo cidadão que possui RG emitido no Estado a partir do ano de 2019.

Acessando o aplicativo, será possível portar o documento de RG no próprio celular, sem a necessidade do documento impresso. Trata-se, portanto, de uma espécie de identificação por meio de dispositivo eletrônico.

Quem tem a carteira de identidade impressa até 2018, pode solicitar uma segunda via do documento a fim de obter o registro digital. O aplicativo é gratuito e, conforme a corporação, possui todos os requisitos de segurança, integridade e validade jurídica.

Fonte: G1/Goiás

PROPAGANDA

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on email