Após deixar prisão, pai é preso de novo por ameaçar filha de estupro

[post-views]

Pai ficou preso por homicídios e latrocínio e agora deve responder por importunação sexual, ameaça e perseguição

Depois de poucos meses em liberdade, um homem de 42 anos foi preso novamente suspeito de importunação sexual contra a própria filha, de 22, em Aragoiânia, na região metropolitana da capital de Goiás. De acordo com a Polícia Civil do estado, o homem ficou preso por 21 anos por homicídio e latrocínio.

Em liberdade desde dezembro do ano passado, o pai da vítima começou a enviar áudios e fotos pornográficas para a jovem. O homem, que não teve a identidade revelada, usa tornozeleira eletrônica e foi preso em flagrante nessa quarta-feira (13/9) por importunação sexual, ameaça e perseguição.

Ameaça de estupro feita pelo pai

De acordo com o delegado responsável pelo caso, André Veloso, a última vez que o pai viu a filha foi quando ela tinha apenas um ano de idade. Segundo ele, após sair da cadeia, o homem conseguiu o telefone da jovem e começou a mandar mensagens. Entre elas, ameaças de estupro e convites para ter relação sexual, além de mandar fotos dos órgãos genitais para a vítima.

Nos áudios divulgados pela polícia, o suspeito fala que ele pode pôr a mão na própria filha e ainda diz que consegue uma arma para fazer isso à força. “Você está dizendo que cresceu, mas fui eu quem te deixei aí. Se eu quiser entrar aí amanhã e pôr a mão em você, eu ponho, eu que mando aí. Se quiser entrar armado ou desarmado e quiser te amar, eu faço”, ameaça.

A própria filha denunciou o pai. A polícia abriu uma investigação e fez a prisão durante a operação Chamar. O caso é investigado pela Delegacia de Polícia de Aragoiânia e, de acordo com o delegado, o suspeito foi encaminhado à Central de Flagrantes e deve passar por audiência de custódia.

Fonte: Metrópoles

PROPAGANDA
[xyz-ips snippet="galeria"]

Compartilhar