Aposentada com tumor no joelho faz empréstimo para comprar triciclo.

[post-views]

A aposentada Sônia Rosa, que tem um tumor no joelho, denuncia que perdeu mais de R$ 3 mil após tentar comprar um triciclo elétrico pela internet, em Trindade, na Região Metropolitana de Goiânia. Ela diz que comprou o veículo para se locomover, mas, após pagar pelo produto, ela não o recebeu. A Polícia Civil investiga o caso.

A TV Anhanguera tentou contato com a empresa Luiza BW, que, segundo o site, tem sede em São Paulo, mas as chamadas não foram atendidas.

Sônia conta que precisa da ajuda de uma bengala para andar há seis anos. A aposentada, que trabalhou a vida toda como empregada doméstica, já fez três cirurgias desde que descobriu um desgaste na articulação e um tumor no joelho.

“Não é fácil não, porque dói. Quando eu firmo essa perna aqui, o osso da panturrilha dói”, disse.

Desde então, o sonho dela era ter um motociclo elétrico, essa espécie de triciclo, para facilitar as idas à casa da filha e da mãe. Na internet, dona Sônia viu um anúncio de um modelo por R$ 5.469,00 e fechou o negócio.

Quando entrou em contato com a empresa, inicialmente, ela disse que foi bem atendida pela atendente. No entanto, tudo mudou quando ela mandou um comprovante de pagamento confirmado o envio de R$ 3.254,06, por PIX, para a loja.

Depois disso, já se passaram quase 30 dias desde que Sônia espera uma resposta da loja virtual.

“[No início] era muito agradável, minha melhor amiga no momento, tratamento especial. [Depois] acabou. Ligo, ligo, ligo, o telefone toca, toca e ninguém atende. Toca até desligar”, disse.

 

Sônia Rosa disse que sonhava com triciclo para ajudá-la na locomoção — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Sônia Rosa disse que sonhava com triciclo para ajudá-la na locomoção — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

A dona Sônia disse que passou mais de um ano juntando dinheiro e ainda pegou um empréstimo no banco para completar. Agora, ela está sem o triciclo e com 12 parcelas de quase R$ 500 reais para pagar.

Nas mensagens enviadas para a empresa, ela conta que gasta muito com remédios, que juntou de R$ 20 em R$ 20 e implora a devolução do dinheiro.

“Para quem ganha um salário e pouco de aposentadoria, para quem tem uma mãe doente, com aneurisma, é um dinheiro difícil de conquistar, doloroso”, disse.

 

Aposentada com tumor no joelho implorou para empresa devolver dinheiro — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Aposentada com tumor no joelho implorou para empresa devolver dinheiro — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

O site da loja Luiz BW continua funcionando normalmente. Além do triciclo, eles anunciam bicicletas elétricas, geradores, roçadeiras e outros produtos. Todos os itens são anunciados com 15% de desconto se o pagamento for à vista, como fez Sônia.

Na internet, a aposentada já encontrou outras histórias parecidas com a dela, relacionadas à mesma empresa. Várias pessoas que pagaram, mas também não receberam os produtos.

“Muita gente ainda ri de mim, fala ‘você foi besta em confiar’, e eu fui mesmo, fui ingênua, eu sou leiga nas coisas, eu não tenho muito conhecimento em nada”, disse.

 

O caso foi registrado na Polícia Civil, que disse que o caso será investigado.

Fonte  g1 Goiás.

Aposentada com tumor no joelho faz empréstimo para comprar triciclo elétrico pela internet e não recebe o veículo, em Trindade, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Aposentada com tumor no joelho faz empréstimo para comprar triciclo elétrico pela internet e não recebe o veículo, em Trindade, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Aposentada com tumor no joelho faz empréstimo para comprar triciclo elétrico pela internet e não recebe o veículo, em Trindade, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

PROPAGANDA
[xyz-ips snippet="galeria"]

Compartilhar