X

São Luis de Montes Belos 17 de Janeiro de 2019 - Total de Acessos 8182633

Jandaia: Inconformado com traição, homem mata companheira a facadas

A informação foi confirmada pela filha da vítima que acompanhava as buscas. Maria Aparecida, 52 anos, foi morta com golpes de machado após ciúmes do marido.

Visualizações: 1373

Jandaia: Inconformado com traição, homem mata companheira a facadas

A informação foi confirmada pela filha da vítima que acompanhava as buscas. Maria Aparecida, 52 anos, foi morta com golpes de machado após ciúmes do marido.

 

O corpo de Maria Aparecida, de 52 anos, assassinada pelo marido após confessar traí-lo, foi encontrado pelos bombeiros na manhã desta terça-feira (11), no Rio Turvo, entre Jandaia e Acreúna. A informação foi confirmada pela filha da vítima, que acompanhava as buscas e agora está indo ao local para fazer o reconhecimento do corpo.

 

Segundo a filha, Josiele Mendes de Freitas, 29 anos, o relacionamento da mãe com o suspeito tinha cerca de três anos e era conturbado, já que ele ingeria bebida alcoólica com frequência e já foi violento outras vezes com a mulher. Ela relata que, em outra discussão, o homem já quebrou o braço da mãe, mas ela nunca registrou ocorrência na Polícia Civil (PC).

 

A filha também lembra que a última vez que falou com a mãe foi no sábado e que ela estava muito feliz. ”Minha mãe estava contente, havia recebido e ligou dizendo que não poderia vir até minha casa, mas que deixaria um dinheiro para comprar um presente para o netinho”, explica a filha.

 

Maria Aparecida foi morta com golpes de machado durante uma briga com o marido, José Ricardo dos Santos, 38 anos, na tarde do último domingo (9), na fazenda onde o casal morava, na zona rural de Jandaia. Após assassinar a mulher, o homem colocou o corpo em sacos e, posteriormente, o levou até o Rio Turvo, em uma motocicleta, onde jogou o cadáver. Depois de descartar o corpo, o homem chegou a ir na delegacia e registrou o desaparecimento da vítima, mas os policiais encontraram vestígios de sangue na motocicleta do suspeito e ele confessou o crime.

 

Segundo a Polícia Civil (PC), o casal havia saído no domingo para tomar banho de bica e ingerir bebida alcoólica. No local, os dois discutiram e a mulher voltou para a fazenda sozinha. Um tempo depois, o homem foi até a casa, mas não encontrou Maria Aparecida. Ele então saiu novamente para procurá-la e, ao retornar para residência, a mulher já havia chegado. No momento, ela teria relatado que pegou uma carona com um caminhoneiro e que teria se relacionado sexualmente com ele. O autor teria ficado inconformado com a confissão da mulher e cometeu o crime.

 

O autor foi preso em flagrante e a arma do crime ainda não foi localizada. Ele foi autuado pelo crime de feminicídio e foi encaminhado para a Unidade Prisional de Indiara. A família ainda não agendou o horário de velório e sepultamento da vítima.

 

Fonte: Mais Goiás

×
Aqui o Povo Fala
(64) 9695-1676
Jornal A Voz do Povo
(64) 3671-3413

Aqui o povo fala envie sua mensagem/notícia.