X

São Luis de Montes Belos 22 de Setembro de 2019 - Total de Acessos 8720265

Sanclerlândia: Homem é perseguido e morto após suposto furto à residência

Visualizações: 2550

Sanclerlândia: Homem é perseguido e morto após suposto furto à residência

O feriado de Corpus Christi, dia 20, em Sanclerlândia foi marcado por um crime violento e que mexeu com a população. No final da madrugada daquele dia, um rapaz, identificado como Mateus, (foto ao detalhe), conduzindo uma motocicleta, foi vítima de um possível acidente com um veículo e veio a óbito no local.

 

O VW Beetle, placas de Goiânia, que era conduzido por Antonio Carlos dos Santos, chocou-se com a motocicleta Honda Titan, placa de Sanclerlândia, que era conduzida pela vítima. O condutor do veículo acionou a Polícia Militar e quando a mesma chegou ao local uma Unidade Básica de Atendimento – UBS - do SAMU atendia o motociclista.

 

Em seguida, uma enfermeira da equipe declarou aos policiais que a vítima veio a óbito no local e que ela teria acionado um médico plantonista para dar suporte ao atendimento, mas que o mesmo se recusou a ir até o local.

 

Antonio Carlos, que é mais conhecido na cidade por “Galego”, disse aos policiais que tudo começou quando ele chegou em sua casa e se deparou com a vítima no seu quintal furtando alguns materiais recicláveis. Que quando Mateus percebeu que ele havia chegado empreendeu fuga do local. Galego conta que foi atrás do mesmo pelas ruas, sentido ao Setor Novo Planalto.

 

Galego admite que perseguia a vítima em alta velocidade e que no cruzamento das 9 e 11 ele colidiu com a motocicleta conduzida pela vítima, que segundo ele bateu com a cabeça no para brisas do veículo, vindo a cair no chão. Diante do relato e com a constatação do óbito da vítima, Galego recebeu voz de prisão em flagrante pelos policiais.

 

Após o caso chegar ao conhecimento da Polícia Civil, o IML, juntamente coma Polícia Tecnico Cientifica, foi acionado para a realização da perícia e o recolhimento do corpo da vítima. Os veículos foram encaminhados à autoridade policial competente.

 

Por: Edivaldo do Jornal / Fotos: redes sociais

×
Aqui o Povo Fala
(64) 9695-1676
Jornal A Voz do Povo
(64) 3671-3413

Aqui o povo fala envie sua mensagem/notícia.