X

São Luis de Montes Belos 21 de Agosto de 2019 - Total de Acessos 8650568

São Luís: Apenas um candidato arremata áreas públicas oferecidas pela prefeitura

Visualizações: 596

São Luís: Apenas um candidato arremata áreas públicas oferecidas pela prefeitura

Mesmo diante da grande procura por informações a respeito da venda das 15 áreas públicas oferecidas pela Prefeitura de São Luís de Montes Belos, no dia 1º de março, dia da abertura das propostas dos interessados, apareceram apenas duas pessoas determinadas a adquirir os imóveis, mas somente uma delas sagrou-se vencedora no lance.

 

De início, Rodrigo Alves da Silva apresentou proposta para o imóvel APM 01, com uma área de 6.875,66 mts², no Residencial Brisas da Mata I, no valor de R$ 153.000,00 o mesmo valor da avaliação. Na disputa com Rodrigo pela mesma área, o advogado Thiago Ferreira de Souza foi o vencedor. Com R$ 1 mil a mais, por R$ 154.000,00 ele ficou com a área.

 

Além desse lote, do Residencial Brisas da Mata 1, Thiago apresentou lances, sem concorrentes, para mais duas áreas. Anexa ao Brisas da Mata 1, o advogado arrematou também outra área no tamanho de 4.999,69 mts², no Setor Brisas da Mata II, no valor de R$ 148.750,00. Totalizando 11.875,35 mts². A terceira área arrematada foi no Setor Pedro Miguel, no tamanho de 2.308,97 no valor de R$ 297.500,00.

 

Nesta, que foi a segunda tentativa de alienar esses imóveis, a prefeitura conseguiu fazer caixa no valor de R$ 600.250,00. Na primeira vez em que a Comissão de Licitação Permanente (CLP) da prefeitura, presidida por Lecival Pires Nogueira, tentou alienar as 15 áreas, não apareceu nenhum interessado em adquirir os imóveis, espalhados por 12 loteamentos diferentes da cidade. Com exceção das áreas grifadas na imagem abaixo, ainda restam mais 12 lotes com tamanhos diversos, que vão de 1.500 mts² a mais de 10.000 mts². Veja a relação dos loteamentos. A CLP irá marcar uma nova data para outra concorrência pública. 

 

Desta vez, uma mudança quanto à forma de pagamento foi introduzida para facilitar o interesse dos compradores. Os interessados puderam escolher em pagar à vista ou em até cinco vezes. Sobre as áreas arrematadas, não se sabe ainda se elas serão pagas à vista ou se o comprador optará pelo parcelamento. A decisão dele se dará no ato de assinatura do termo de alienação.

 

Para a próxima vez poderá haver uma mudança significava. É possível que ao invés de vender os imóveis por áreas, elas sejam fracionadas em lotes convencionais e os mesmos sejem vendidos individualmente. A mudança se deve ao fato de que a procura por populares pela compra de um lote individual ter sido muito grande. O prefeito Major Eldecírio disse a esta reportagem que o seu objetivo é alienar da melhor forma possível esses imóveis públicos. O prefeito frisa que pretende arrecadar cerca de R$ 4 milhões com a venda.

 

Segundo ele, os recursos obtidos com a alienação dessas áreas terão uma destinação exclusiva. “O nosso investimento será prioritariamente na área da saúde. Finalizar as obras da UPA, da UBS do Setor Carvalho e a reforma e ampliação, com mais equipamentos, do Hospital Municipal”, afirma o prefeito.

 

Por: Edivaldo do Jornal

×
Aqui o Povo Fala
(64) 9695-1676
Jornal A Voz do Povo
(64) 3671-3413

Aqui o povo fala envie sua mensagem/notícia.