Candidatos denunciam que fotos feitas durante prova do concurso da PM circulam na internet, e governo cobra investigação

[post-views]

Candidatos denunciam que fotos feitas durante a prova do concurso para a Polícia Militar foram divulgadas na internet. O governo estadual disse que pediu para que a organizadora da seleção apure a situação.

O g1 entrou em contato por e-mail e telefone com o Instituto AOCP, banca organizadora, pedindo um posicionamento sobre o caso, mas não teve retorno até a última atualização dessa reportagem.

A prova aconteceu no último domingo (10). O concurso é para preencher mais de 1,5 mil vagas, com salários de até R$ 6,3 mil.

Nas fotos que circulam nas redes sociais, aparecem os cadernos de prova, candidatos sentados nas carteiras das salas e até mesmo a identificação de um dos candidatos. O uso de celular nos locais é proibido.

“Eu fico com medo de uma fraude. Se teve gente tirando foto, usando o celular, pode ter favorecido alguns. E a gente fica com medo de cancelar o concurso”, disse uma candidata.

“Quando eu saí da prova eu já ouvi candidatos falando de problemas, de gente usando celular, e logo já estavam as fotos nas redes sociais”, disse outro concurseiro.

Em nota, a Secretaria de Estado da Administração (Sead) disse que notificou nesta terça-feira (12) o Instituto AOCP para apurar imediatamente o vazamento de uma imagem do caderno de provas. O órgão disse que também cobrou a identificação de quem fez as fotos para tomar as medidas necessárias.

“Os protocolos de segurança foram adotados em todo o processo, inclusive no dia da aplicação da prova, com uso de detectores de metais, determinação aos candidatos para que guardassem os aparelhos eletrônicos em campo visível e a fiscalização nas dependências em que foram realizadas as provas”, disse a nota enviada pela Sead.

Fonte: g1 Goiás.

PROPAGANDA
[xyz-ips snippet="galeria"]

Compartilhar