Considerado um dos maiores golpistas de Goiás, jovem é preso pela 2ª vez por aplicar golpe do PIX

[post-views]

Paulo Roberto Mendes é suspeito de apresentar comprovantes falsos de pagamento para levar produtos de lojas como madeiras, ar condicionado e pneus. Polícia disse que ele aplicou mais de 20 golpes.

O jovem Paulo Roberto Dias Mendes, de 27 anos, considerado um dos maiores golpistas de Goiás, foi preso nesta quarta-feira (15) pela 2ª vez suspeito de aplicar golpes em lojas usando PIX. Segundo o delegado, Fernando Martins, ele apresentava comprovantes falsos.

g1 entrou em contato com a defesa dele por mensagem às 14h53, desta quarta-feira (15), mas não teve retorno até a última atualização desta reportagem. À polícia, ele confessou os crimes.

“Ele usava carros alugados para passar uma falsa imagem e se passava por filho de fazendeiro, e plantador de soja para enganar as vítimas. As compras eram para revenda, como madeiras, ar condicionado, pneus e outros”, disse Fernando.

Segundo a PC, ele aplicou mais de 20 golpes nas cidades de CampinorteUruaçuMara RosaGoianésia e outras. Uma caminhonete de luxo foi apreendida.

Conforme o delegado, o suspeito também usava cheques da mãe com falsas assinaturas e em apenas uma madeireira chegou a levar R$ 14 mil em produtos. “Ele escolhia os produtos nas lojas, ia até o caixa fazer o pagamento, sempre optava pelo pix, simulava a transferência, mas apresentava um comprovante falso para os comerciantes”, conta o delegado.

Paulo foi preso em abril de 2021 suspeito pelo mesmo crime de estelionato. O delegado conta que ele ficou preso por mais de um ano e respondia pelo crime em liberdade, mas voltou a enganar comerciantes com falsos pagamentos causando diversos prejuízos.

“Algumas vítimas nos procuraram dizendo que só notaram o golpe quando não conseguiam constar o pagamento na conta. A imagem dele está sendo divulgada para que outras pessoas o identifiquem e compareçam na delegacia da sua cidade”, conta ele.

Fonte: G1/Goiás

PROPAGANDA
[xyz-ips snippet="galeria"]

Compartilhar