Consternada, população de Turvânia se curva em homenagem à enfermeira Sineide

[post-views]

A cidade de Turvânia parou na tarde desta sexta-feira, 21, em homenagem à técnica de enfermagem Sineide Cardoso de Jesus Rodrigues, 57, que faleceu na madrugada do mesmo dia em um hospital de Goiânia, onde ela ficou internada por vários dias se tratando da Covid-19.

O clima de comoção contagiou a todos que acompanharam o cortejo do corpo da mulher que fez história saúde pública do município. Dentro de um veículo de funerária, o corpo passou pelas principais vias da cidade e foi acompanhado por várias pessoas em uma fila enorme de carros. Veja as imagens, feitas por uma moradora da cidade.

Quando o caixão com o corpo da enfermeira chegou ao Cemitério Municipal, uma grande aglomeração de pessoas se formou na porta do local, pois em atendimento aos protocolos relacionados ao Novo Coronavírus, não pode haver velório e nem acompanhamento de pessoas ao sepultamento das pessoas que morrem pela doença.

De acordo com algumas pessoas de Turvânia, que falaram com esta reportagem, a enfermeira Sineide deixa um legado de humildade, solidariedade e profissionalismo acima de tudo. “Ela, mesmo doente, com essa doença maldita, ainda estava trabalhando, se preocupando com as outras pessoas. Ela tinha um coração enorme”, destaca uma dessas pessoas.

Também nesta sexta-feira, o corpo de um homem foi sepultado no mesmo momento e local. Segundo informações, extraoficiais, a causa da morte dele também teria sido a Covid-19. De acordo com um familiar da enfermeira, agora já são cinco pessoas que perderam a vida para o Coronavírus, em Turvânia.

Esta reportagem tentou falar com o prefeito do município Fausto Mariano e com as autoridades da saúde municipal, mas não conseguiu. No entanto, esta matéria será atualizada logo mais ou a qualquer momento.

Por: Edivaldo do Jornal

PROPAGANDA
[xyz-ips snippet="galeria"]

Compartilhar