Depois de chegar a 94% de ocupação de UTIs de Covid, Goiânia anuncia novos leitos

“Com isso, não há insegurança nem risco de faltar leitos para quem necessitar”

Após a ocupação de UTIs destinadas à Covid-19 chegarem a 94%, nesta terça-feira (11), a secretaria de Saúde Goiânia (SMS) informou que irá ampliar a rede credenciada em 30 novos leitos. Segundo a pasta, a alta porcentagem tem relação com o fechamento de 20 leitos por iniciativa do Hospital das Clínicas (HC) que é administrado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH).

Ainda de acordo com a secretaria municipal de Saúde, dos 30 leitos, 13 deverão ser disponibilizados ainda nesta terça-feira (11). “Com isso, não há insegurança nem risco de faltar leitos para quem necessitar”.

Confira a nota na íntegra:

“A Secretaria de Saúde de Goiânia esclarece que a redução do número de leitos de UTI covid se deve ao fechamento de 20 leitos por iniciativa do Hospital das Clínicas (HC) que é administrado pela EBSERH. A secretaria informa ainda que já ampliou a rede credenciada em 30 novos leitos, sendo que 13 serão disponibilizados nas próximas horas. Com isso, não há insegurança nem risco de faltar leitos para quem necessitar”.

Boletim desta terça-feira sobre os leitos de UTI

Mais cedo, segundo boletim, Goiânia tinha 94,12% dos leitos de UTI destinados a pacientes com coronavírus ocupados. Ainda segundo o documento, o Estado estava com 73,10% dos leitos ocupados.

Na prática, a capital estava com quartos disponíveis, segundo o boletim de 11h57 desta terça-feira, enquanto o Estado, 39.

Fonte: Mais Goiás

PROPAGANDA

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on email