Despachante é preso suspeito de mostrar órgão genital para funcionárias de cartório

[post-views]

Policiais da Rotam identificaram o homem após receberem pedido de socorro das mulheres. Rotina do suspeito foi acompanhada por dias até ele reaparecer na praça e cometer o crime.

O despachante João Batista Silva, de 52 anos, foi preso por importunação sexual, na quarta-feira (20), suspeito de mostrar o órgão genital para funcionárias de um cartório na Avenida T-9, em Goiânia. Ele foi levado para a Delegacia de Atendimento Especializado à Mulher (Deam), que investiga o caso.

g1 não localizou a defesa do suspeito até a última atualização desta reportagem.

Os sargentos Frederico Cardoso e Ricardo Ferreira e o soldado Jonathan Barbosa das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) realizaram a prisão do suspeito após receberem pedido de socorro das funcionárias.

Os policiais acompanharam a movimentação do suspeito por alguns dias, após as mulheres contarem que ele sempre aparecia na praça do bairro, no horário de almoço, e mostrava o órgão genital para elas e outras mulheres que passam na rua.

Após identificar a placa da moto usada pelo suspeito, os policiais militares conseguiram fazer a identificação. Em dias de folga, eles se alternaram em campana para esperar o homem parar na praça novamente.

Dias depois, o suspeito voltou ao local e mostrou o órgão genital para as funcionárias do cartório, que fica em frente à praça. Assim que ele foi identificado, os policiais fizeram a prisão em flagrante.

A imagem do suspeito foi divulgada com o objetivo de que outras vítimas possam procurar a Deam e registrar boletim de ocorrência.

Fonte: G1/Goiás

PROPAGANDA
[xyz-ips snippet="galeria"]

Compartilhar