Empresário é preso suspeito de matar a ex e o namorado dela após invadir casa

[post-views]

Advogado João Paulo de Deus Nascimento, de 31 anos, e Gislane Silvia de Oliveira, de 40, foram mortos a tiros, segundo a polícia. Homem chegou a atirar contra agentes policiais e, em seguida, se rendeu.

 

Um empresário foi preso suspeito de matar a ex e o namorado dela a tiros após invadir a casa da mulher, em Goianápolis, no centro de Goiás. De acordo com a Polícia Militar, Gislane Silvia de Oliveira, de 40 anos, e o advogado João Paulo de Deus Nascimento, de 31 anos, morreram no local do crime. O caso é investigado pela Polícia Civil.

O caso aconteceu no sábado (10), no centro de Goianápolis. Em 2022, o Tribunal de Justiça deferiu uma medida protetiva para a mulher contra o empresário. O g1 não conseguiu localizar a defesa dele para um posicionamento até a última atualização desta reportagem.

Nas redes sociais, a Seção Goiás da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-GO) publicou uma nota de repúdio, pontuando estar inconformada com o “atentado que vitimou o advogado”. Além disso, disse que a Comissão de Direito e Prerrogativas da ordem comunicou as autoridades policiais sobre o crime e que cobra o máximo de empenho para os esclarecimentos necessários (veja a nota completa ao final da reportagem).

Ao g1, a PM explicou que o crime parece ter sido premeditado. Na ocasião, o empresário pegou o carro do filho emprestado, que contava com o controle do portão da casa da mãe, Gislane, dentro. Em seguida, ao pegar o veículo, o homem utilizou o controle para abrir o portão e invadir a casa, onde teria matado o casal.

Segundo a polícia, quando os militares chegaram ao local, o suspeito chegou a atirar contra eles até que as munições acabassem. Em seguida, o homem se rendeu, jogou a arma da sacada da casa e foi preso. A polícia conseguiu apreender a arma utilizada pelo empresário no crime.

Um vídeo mostra o momento em que os policiais tentam arrombar a porta da casa e o suspeito aparece na sacada da casa.

Nota da Seção Goiás da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-GO):

“É com extrema consternação que a Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO) manifesta seu repúdio e inconformismo pelo atentado que vitimou o advogado João Paulo de Deus Nascimento Tibúrcio, ocorrido na cidade de Goianápolis, neste sábado (10 de fevereiro).

Ao mesmo tempo em que se solidariza com a família enlutada do colega e lamenta pela morte da namorada, a Seccional Goiana, juntamente com a Comissão de Direito e Prerrogativas por meio do procurador geral de prerrogativas, Regis Davidson informa à advocacia e à sociedade que acompanhou os trâmites legais até a família ser localizada e informada do acontecimento.

A CDP já comunicou as autoridades policiais a respeito do crime e cobra o máximo de empenho e celeridade para os esclarecimentos necessários. O suspeito de ter cometido o feminicídio, assassinando a ex-esposa e o atual namorado (o advogado João Paulo Tibúrcio), foi preso após troca de tiros com a polícia.

Neste momento, a OAB-GO roga que Deus receba João Paulo Tibúrcio em sua infinita Glória e manifesta sentidas condolências aos familiares e amigos.”

Fonte: G1/Goiás

PROPAGANDA
[xyz-ips snippet="galeria"]

Compartilhar