Família está desesperada em busca de estudante que sumiu em Rio Verde

Menina de 12 anos foi vista pela última vez na BR-060. Ela estava sozinha e descalça, segundo informaram aos parentes.

A família da estudante Ingrid da Silva Batista, de 12 anos, está desesperada em busca da menina, que desapareceu na noite de quinta-feira (17), em Rio Verde, no sudoeste do estado.

O padrasto da adolescente, Edjailton Teixeira Freitas, de 29 anos, disse que ela sempre o esperava chegar do trabalho, por volta de 23h. Porém, na última noite, ela não estava na garagem, como de costume, o que ele estranhou. Foi quando viram que Ingrid não estava em casa.

“Ela é uma menina bastante tranquila e nunca saiu sozinha antes, sem nos avisar. Ela avisava até quando ia tomar banho”, explicou o padrasto.

Os familiares registraram boletim de ocorrência por desaparecimento na Polícia Civil e acompanham as buscas pela cidade. De acordo com a família, eles foram informados que ela foi vista na BR-060, por volta de 23h de quinta-feira, no sentido de Rio Verde para Goiânia.

Como Ingrid não tem acesso a celulares em casa nem tem perfil em redes sociais, o padrasto desconhece se ela mantinha contato com alguém.

“Ela só tem colegas de classe, mas como estava estudando em casa por causa da pandemia, ela não saía nunca sem a gente. No momento, não temos ideia para onde ela foi nem a razão. Mesmo com uma discussão que ela teve com a mãe, que é normal de família, ela nunca tinha feito isso”, esclarece Edjailton.

Fonte: G1

PROPAGANDA

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on email