Festival de Culturas Surdas tem programações artísticas e mesas de conversa

As mesas debatem diferentes expressões da comunidade surda, com apresentações de vídeo poesias

Tem início nesta segunda-feira (09) e segue até sexta-feira (13), mais uma edição do Festival de Culturas Surdas, realizado pelo Itaú Cultural. Com apresentações artísticas e cinco mesas de conversa, o tema deste ano é a multicuturalidade.

A transmissão acontece pelo canal da instituição no YouTube, sempre às 19h, apresentando as diversas culturas existentes dentro da comunidade não ouvinte e nas diferentes maneiras de ser surdo.

As rodas de conversa apresentadas no festival serão mediadas por Edinho Santos, poeta surdo, slamer e educador no Itaú Cultural. Vale mencionar que tudo terá tradução simultânea para a Língua Brasileira de Sinais (Libras), além de legendas e interpretação para o português.

O principal objetivo do Festival de Culturas Surdas é incentivar o reconhecimento e protagonismo dessa comunidade, que ainda enfrenta inúmeras barreiras e falta de acessibilidade nos mais diversos contextos no país.

Programação do Festival de Culturas Surdas

Vídeo poesias

As vídeo poesias são uma linguagem artística bastante presente entre a comunidade, que utiliza recursos do audiovisual para incrementar a apresentação de uma poesia em língua de sinais.

Assim, o recurso também integrará a programação do festival, na abertura e encerramento de cada mesa de conversa e, posteriormente, ficando disponível também no site do Itaú Cultural até o dia 22 de agosto.

Os trabalhos serão apresentados pela poeta e professora Renata Freitas e o Coletivo Mão Dupla, que transita entre a língua de sinais e as artes visuais.

O grupo é formado por artistas surdos e ouvintes que desenvolvem uma pesquisa e prática artística por meio da visualidade.

Utilizando elementos como animação, jogos de sombra e objetos, o gruoi apresentará histórias em poesia visual.

Mesas de debate

A primeira mesa será realizada hoje (09), a partir das 19h, abordando o tema “Línguas de Sinais Indígenas”, que fala sobre a realidade do surdo indígena, que se expressa de diversas maneiras.

Amanhã (10), a mesa discute o tema “Surdos que ouvem”, que visa desmistificar a ideia de que todo surdo precisa se comunicar pela língua de sinais, Libras.

Há várias pessoas que preferem usar o português e que até mesmo conseguem ouvir, com o apoio de aparelhos auditivos ou implante coclear. Há ainda aqueles que preferem fazer leitura labial, ou utilizar as legendas.

A terceira mesa acontece na quarta (11), abordando a “Negritude Surda”, explorando a interseção entre racismo e preconceito contra a pessoa surda.

Na quinta (12), é a vez de debater sobre “Surdos LGBTQIA+”, onde os convidados falam sobre as dificuldades de conviver com as duas realidades, e como as transformam em arte, atuação política e poesia.

A conversa acontece entre Kitana Dreams, drag queen surda, digital influencer, youtuber e maquiadora; Pietra Simon, mulher trans e surda,  coordenadora municipal adjunta de representação da Aliança Nacional LGBTQI+; e
Yanna Porcino, artista surda, poetisa e desenhista, graduada em Letras-Libras pela UFPE.

O encerramento do festival acontece na sexta-feira (13), apresentando a mesa “Mulheres Surdas e Feminismo”, onde a surdez e o machismo são explorados por três mulheres militantes, que convivem em meio às duas situações.

A mesa apresenta Nayara Silva, mãe de duas crianças ouvintes, preta, surda, poeta no Slam Corpo, MC, performer, atriz, cofundadora do grupo Ramarias e contadora de histórias;

Victoria Pedroni, militante do feminismo surdo, graduada em Letras-Libras, pela Universidade Federal de Santa
Catarina (UFSC) e mestranda pela mesma instituição.

Gabriela Grigolom, ativista, atriz, surda, poeta, slammer e feminista negra.

Serviço

Festival de Culturas Surdas acontece nesta semana

Quando: 9 a 13 de agosto (segunda a sexta)

Onde: canal do Itaú Cultural no YouTube

Horário: sempre às 19h

Acesso: gratuito

Fonte: mais Goiás

PROPAGANDA

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on email