Firminópolis: Jovem de apenas 19 anos se enforca e tira a própria vida

[post-views]

Boa parte da população de Firminópolis e de São Luís de Montes Belos ficou abalada, no início da noite desta sexta-feira, 28, por volta das 19h30, com a notícia da morte trágica de uma jovem de apenas 19 anos de idade. Gabriela Marques Basil Silva tirou a própria vida ao enforcar-se com um fio amarrado ao pescoço e pendurada numa trave da área da casa onde havia acabado de se mudar.

O corpo de Gabriela foi encontrado pela própria mãe dela, que em desespero tentou salvar a vida da filha, mas não conseguiu. Nos braços da mãe ela deu os últimos suspiros. O corpo da jovem foi recolhido pelo IML (Instituto Médico Legal) de Iporá, foi velado e sepultado em São Luís de Montes Belos, no Cemitério Park.

De acordo com familiares, antes de cometer o suicídio, Gabriela deixou uma mensagem no celular dizendo que ela amava a toda a família. Ela não deixou nenhuma explicação para justificar o seu ato impensado.

A família acredita que um namoro cheio de idas e vindas, da jovem com um rapaz de Firminópolis, possa ter sido a motivação da tragédia. Segundo um familiar, o casal brigava constantemente, chagando terminar a relação por várias vezes. “Ela tinha planos de se casar e constituir família. Por isso ela se mudou para Firminópolis”, disse Ademar Neto, cunhado da vítima.

Ademar relata também que no dia do fato aconteceu uma discussão calorosa entre Gabriela e a irmã do seu namorado, pelo celular, numa rede social. “Ela falou muitas coisas pesadas para ela. Falo que não gostava dela, que isso não era novidade, que o seu irmão não a merecia, porque ela era custosa e que ela tinha que morrer”, conta Ademar, que destaca que Gabriela poderia estar depressiva.

Com apenas 19 anos de vida e muito bonita, Gabriela tinha uma vida toda pela frente. Por onde passou ela deixou muitas amizades. Muitos amigos ficaram em choque com sua morte tão prematura. Por um tempo ela trabalhou em uma lanchonete em São Luís de Montes Belos, onde colecionou amigos e simpatizantes.

“Estamos todos em choque, sem acreditar. Ela não aparentava ser depressiva como alguns estão falando, sempre alegre e disposta. Ela era uma excelente funcionária”, disse Pedro, dono da Lanchonete.

“Estou muito triste. Não dá para acreditar que ela tenha feito isso. Tirar a própria vida, tão nova… Não tem explicação uma coisa dessa. É muito triste. Ela pretendia se casar e ter filhos. Sempre alegre e risonha, Fico até sem palavras para descrever o quanto gostava dela”, disse uma amiga.

Por: Edivaldo do Jornal

PROPAGANDA
[xyz-ips snippet="galeria"]

Compartilhar