Funcionário da Enel morre após levar choque em subestação de energia

Local foi desligado na tentativa de salvar o colaborar, de 48 anos. Com isso, vários bairros da capital acabaram ficando sem energia.

Um funcionário da Enel de 48 anos morreu na manhã desta quinta-feira (12) em um acidente na Subestação Atlântico, em Goiânia. Ele levou um choque enquanto trabalhava. A subestação foi desligada na tentativa de salvar o funcionário, o que gerou queda de energia em vários bairros.

Em nota, a Enel lamentou a morte de Edivânio Aparecido Pereira. O acidente aconteceu enquanto ele realizava um procedimento de medição. Segundo o Corpo de Bombeiros, foram feitas tentativas de reanimação no homem durante 30 minutos, mas ele acabou morrendo no local.

“Todo time da Enel Goiás está profundamente consternado e a empresa já está em contato com a família para prestar todo apoio necessário”, disse a companhia em nota.

Apagão

Com o desligamento da subestação, diversos bairros ficaram sem energia, por volta de 10h30. Semáforos também ficaram inoperantes, o que causou confusão no trânsito. Equipes da Secretaria Municipal de Mobilidade foram mandadas ao local.

Entre os bairros atingidos estão o Setor Bueno, Setor Bela Vista, Setor Serrinha, Setor Pedro Ludovico, Parque Amazônia, Setor Nova Suíça e Jardim América. A Enel disse que ainda não tem a quantidade exata de setores afetados e nem quantos consumidores foram impactados, mas que o serviço já foi totalmente normalizado.

Fonte: G1/Goiás

PROPAGANDA

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on email