Goiás ultrapassa 58 mil casos confirmados de coronavírus e soma 1,4 mil mortes, diz governo

Estado tem 58.249 pessoas infectadas ao total. Destes, há registro de 51.749 pessoas recuperadas da doença. Os casos suspeitos em investigação chegam a 116.847 pessoas à espera para fazer exames.

O boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES), divulgado nesta segunda-feira (27), registra 58.249 pessoas contaminadas com o coronavírus, sendo 1,4 mil mortes provocadas por algum tipo de complicação da doença. A fila de casos suspeitos em investigação chega a 116.847, são pessoas com sintomas semelhantes à Covid-19 e que aguardam a oportunidade de fazer os exames.

Evolução dos casos

  • Em 6 de maio, Goiás ultrapassou 1 mil casos confirmados e atingiu 45 mortes;

  • Goiás registrou três vezes mais mortesna primeira quinzena de julho em relação ao mesmo período de junho. Os números saltaram de 99, em junho, para 406, em julho.

  • Um novo recorde nos números de casos confirmados foi registrado em 22 de julho, com 3.526 notificações em 24 horas.

Reabertura do comércio

Em meio à previsão do próprio governo para o pico da doença acontecer neste mês, o governador do estado, Ronaldo Caiado (DEM), liberou quase todas as atividades econômicas não essenciais no último dia 13, via decreto assinado na sede do governo. O prefeito da capital, Iris Rezende (MDB), também seguiu as normas do estado publicando decreto semelhante.

Assim, o reflexo desta liberação será percebido ao final do mês, e caso os dados sejam considerados críticos, o governo ponderou que as medidas podem “ser revistas a qualquer momento, conforme análise da evolução da situação epidemiológica”.

Fonte: G1/Goiás

PROPAGANDA

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on email