Homem é preso suspeito de dirigir bêbado e provocar acidente que matou idosos queimados dentro de carro

[post-views]

Segundo a Polícia Civil, motorista de caminhonete apresentava sinais de embriaguez e se recusou a fazer teste do bafômetro. Envolvidos no acidente eram de Pires do Rio.

Um homem de 65 anos foi preso suspeito de estar bêbado e provocar acidente em que um casal de idosos morreu queimado dentro de um carro na GO-020, em Urutaí, no sudeste de Goiás. Todos os envolvidos eram moradores de Pires do Rio, cidade vizinha..

O acidente aconteceu no final da tarde de sexta-feira (1º). Segundo a Polícia Civil, testemunhas contaram que a caminhonete de modelo S-10, dirigida por Francisco Alberto Tomazini, acabou fazendo uma ultrapassagem em local proibido, momento que acabou batendo contra a Fiat Strada, onde estavam os idosos Dario Silva, de 80 anos, e Onilia de Rezende Silva, idade não informada.

Até a última atualização desta reportagem, o g1 não conseguiu localizar a defesa de Francisco Alberto Tomazini para que se posicionasse sobre o caso.

De acordo com o boletim de ocorrência, com o impacto, a Strada acabou batendo contra um outro carro que passava no sentido contrário, mas o motorista não se feriu. Os envolvidos eram moradores de Pires do Rio, e amigos da família contaram que os idosos estavam voltando de uma fazenda.

Conforme a Polícia Militar, o motorista da caminhonete apresentava sinais de embriaguez e se recusou a fazer o teste do bafômetro. Ele teve ferimentos leves e foi socorrido por pessoas que passavam pelo local.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito foi preso em flagrante e levado para o presídio de Pires do Rio. Ele deve responder por homicídio culposo, qualificado pela embriaguez, com pena que atinge de 5 a 8 anos de prisão.

A PC ainda informou que todas perícias foram feitas no local do acidente e devem ficar pronta em cerca de 30 dias. O caso segue em investigação na delegacia de Urutaí.

Fonte: G1/Goiás

PROPAGANDA
[xyz-ips snippet="galeria"]

Compartilhar