Homem é preso suspeito de invadir abrigo de idosos e tentar matar enfermeiro a facadas, em Inhumas

[post-views]

Funcionário teve de ser levado a hospital devido à gravidade dos ferimentos, mas já se recupera em casa. Segundo a Polícia Civil, cena apavorou quem estava no local.

A Polícia Militar prendeu um homem de 36 anos suspeito de esfaquear um enfermeiro em um abrigo de idosos de Inhumas, na Região Metropolitana de Goiânia. Segundo a Polícia Civil, os moradores e demais funcionários do local ficaram desesperados com a cena.

Segundo a PM, o funcionário, de 32 anos, ficou gravemente ferido e teve de ser levado ao Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia.

Por telefone, uma funcionária do lar de idosos informou que o enfermeiro está se recuperando em casa dos ferimentos.

O homem detido pela PM ficou preso na delegacia por tentativa de homicídio. Não havia registros na corporação de que algum advogado se apresentou para defendê-lo. Por isso, o G1 não conseguiu identificá-la para pedir um posicionamento sobre o caso.

O incidente aconteceu na manhã de terça-feira (8). O major da PM Lívio Adriano de Oliveira contou que o autor não parecia ter um alvo ou motivo muito claro para o que fez.

“Ele entrou gritando palavras de morte com duas armas brancas e saiu andando pelos corredores. Foi quando um enfermeiro que preparava o café da manhã dos idosos se deparou com ele na entrada da cozinha, e eles entraram em luta corporal. Em seguida, chegou a equipe [da PM], mas o enfermeiro já estava bem machucado”, contou.

Um dos quartos do local ficou com as paredes e chão manchados de sangue por causa da briga. O major da PM explicou que, ao ser questionado sobre o motivo de ter invadido o asilo, o autor não conseguiu explicar muito bem, só repetia “palavras de morte” – dizendo que queria matar pessoas e ver sangue – e parecia estar revoltado.

Lívio contou que o preso precisou ser levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Inhumas ao ser detido porque tinha alguns ferimentos resultados da briga. Em seguida, ele foi levado à delegacia da cidade onde ficou detido suspeito de tentativa de homicídio.

Fonte:G1/Goiás.

PROPAGANDA
[xyz-ips snippet="galeria"]

Compartilhar