Homem morre em hospital de São Luís de Montes Belos sob a suspeita de Covid-19

Morreu no início da manhã deste sábado, 20, no Hospital Estadual e de Campanha, de São Luís de Montes Belos, um homem com idade de 57 anos, sob a suspeita de Covid-19. Suspeita essa reforçada com o resultado positivo de um teste rápido realizado ainda no hospital, após a morte do paciente.

Seguindo o protocolo, foi coletado, pela equipe do laboratório, o material a ser encaminhado a um laboratório de Goiânia, para a confirmação da causa morte. O resultado deverá ser divulgado nos próximos dias. Enquanto isso, também respeitando o protocolo, a família foi privada de velar o corpo pelo período que ela gostaria e sepultou o mesmo, momentos depois, no Cemitério Park da cidade.

De acordo com familiares, o paciente deu entrada no hospital na noite desta sexta-feira, por volta das 20h30 com sintomas da Covid. Por volta das 7h30 de sábado ele não resistiu e veio a óbito. Ainda de acordo com esses familiares, há cerca de quatro dias atrás ele esteve no mesmo hospital, foi atendido por um médico, medicado para outro tipo de doença e encaminhado para casa. “Agora, depois de morto, eles fazem o teste para a Covid. Por que não fizeram o teste antes?”, questiona um familiar.  

Para a família, se o paciente tivesse sido testando no dia em que ele esteve no hospital, o resultado poderia ter sido outro. “Na minha opinião se ele tivesse recebido o atendimento de acordo com os sintomas que ele apresentava, não tenho dúvidas que ele estaria internado, entubado, mas estaria vivo. Isso tem que ser apurado”, disse outro familiar.

O sentimento de revolta entre familiares e amigos é muito grande. Todos querem uma resposta para a verdadeira causa da morte. Se foi Covid ou não, todos querem saber da verdade. Outro familiar fez uma importante ressalva. “E agora com o resultado positivo desse teste rápido será que as pessoas que estiveram com ele ultimamente serão monitoradas? Até agora ninguém falou nada. Muitas pessoas falaram com ele nos últimos dias. E agora?”, alertou.

Apesar de a Secretaria Municipal de Saúde ter recebido do Governo Federal uma soma vultuosa em recursos para o custeio exclusivo do combate ao Coronavírus no município, hoje aconteceu um fato curioso antes de o corpo ser recolhido pela funerária. O hospital não tinha sequer uma unidade do saco de resgate, apropriado para o caso. Foi necessário a própria funerária fornecer o produto para acondicionar o corpo, que foi sepultado momento depois no Cemitério Park, com a presença de poucas pessoas.

Outra indagação feita pelos familiares foi sobre os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) anunciados recentemente pelas autoridades de saúde do município. Na semana passada o secretário estadual de saúde, Ismael Alexandrino esteve em São Luís de Montes Belos e trouxe consigo vários equipamentos para o hospital e para os leitos de UTI, que até o momento não estão atendendo à população.

Esta reportagem procurou a secretária de saúde Adriana Papel Dib, para buscar as repostas para todos os questionamentos feitos nesta matéria, mas ela ficou de retornar depois que se inteirasse melhor sobre o assunto, mas pelo jeito ela ainda deve estar buscando as informações. Ela não retornou. Já está virando praxe o não atendimento ao Jornal A Voz do Povo pela atual administração municipal. Sem problema.

Por: Edivaldo do Jornal

PROPAGANDA

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on email