Instrutor de academia acusado de matar homem após briga no trânsito é preso pela Polícia Civil

[post-views]

Segundo a polícia, após discussão, o investigado desferiu um soco contra a vítima, ele desmaiou e bateu a cabeça. O homem permaneceu foragido por mais de um ano antes de ser preso.

Um instrutor de academia de 30 anos foi preso suspeito de matar um homem após briga de trânsito em Posse, na região nordeste de Goiás. Segundo a Polícia Civil, crime contra Amilton Lopes de Oliveira, de 57 anos, aconteceu em julho de 2021, mas o indiciado estava foragido há mais de um ano.

g1 ainda não conseguiu localizar a defesa do suspeito para um posicionamento até a última atualização desta reportagem.

A prisão ocorreu na terça-feira (26), mas o inquérito foi finalizado ainda em agosto de 2021 com indiciamento do suspeito por lesão corporal seguida de morte. Em setembro do mesmo ano, o Ministério Público de Goiás (MP-GO) denunciou e ele virou réu pelo mesmo crime.

“Mesmo com ele foragido, conseguimos a dinâmica dos fatos. Tinha testemunha ocular que presenciou o ocorrido”, explicou o delegado Humberto Soares.

O delegado ainda detalhou que a briga no trânsito foi iniciada quando Amilton pediu passagem com o carro para o denunciado, e quando foi passar, encostou no carro do réu.

“Ele foi atrás do Amilton, houve uma discussão entre eles e o suspeito desferiu um soco contra Amilton. Como ele é um personal trainer, a vítima desmaiou na hora e bateu a cabeça”, disse.

A denúncia do Ministério Público ainda detalha que, após o crime, Amilton chegou a ser encaminhado para Hospital Municipal de Posse, mas não conseguiu ser reanimado.

Fonte: G1/Goiás

PROPAGANDA
[xyz-ips snippet="galeria"]

Compartilhar