Mãe e filha pequena escapam por um triz de serem atropeladas por carro, que bate em poste

Imagens impressionantes mostram veículo em alta velocidade quase atingindo as duas, que estavam tomando refrigerante na calçada e saíram ilesas de batida, em Anápolis: ‘Foi livramento’.

Uma jovem de 24 anos e a filha dela, de apenas 2, escaparam por muito pouco de serem atropeladas por um carro em alta velocidade, em Anápolis, a 55 km de Goiânia. Câmeras de segurança flagraram as duas na calçada de uma panificadora quando um veículo se aproxima desgovernado pela rua na direção delas. Por sorte, o automóvel bateu violentamente em um poste, que estava atrás de ambas, a pouquíssimos metros de distância.

O caso aconteceu na noite de sábado (19). As imagens mostram que a atendente Juliana Souza Macedo está de pé servindo refrigerante para a filha, Júlia Cristina Sousa Macedo, que está sentada numa cadeira ao redor da mesa. As duas saíram ilesas.

Ela contou que estava de costas e não viu o veículo se aproximando. Assustada, ela rapidamente deixa a garrafa na mesa, pega a filha nos braços, se afasta e entra na padaria. Com o impacto, a frente do veículo fica completamente destruída.

“Não sei como explicar, foi um susto. Ouvi batendo no poste, só escutei o barulho. Pensei só na minha filha e corri. Não tivemos nenhum arranhão. Foi livramento”, disse ao G1.

Juliana conta que havia levado a filha para passear em uma praça e depois resolveram parar para tomar um refrigerante. Ela afirma ainda que não conhece o motorista e que ele desceu e pediu desculpas após o ocorrido. Veja abaixo o vídeo do acidente.

A atendente conta que não pensou em chamar a polícia e que após o ocorrido ainda terminou de tomar o refrigerante e foi embora. Ela também não sabe se a PM foi acionada.

Ao G1, a assessoria de imprensa da PM informou que não houve registro dessa ocorrência.

Fonte: G1/Goiás

 

PROPAGANDA

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on email