Menina morre horas após ser picada por escorpião em Quirionópolis

Avó contou que aracnídeo caiu de uma cortina e picou a neta. Ana Luísa foi socorrida, atendida em hospital da cidade e transferida para unidade de saúde em Goiânia antes de morrer.

Uma menina de 1 ano e dez meses morreu horas após ser picada por um escorpião na casa da avó materna, em Quirinópolis, no sul de Goiás. A enfermeira Luci Vilela, avó paterna da neném, não presenciou a cena, mas contou que Ana Luiza estava passando por uma cortina, quando o aracnídeo caiu nela.

(CORREÇÃO: O G1 errou ao chamar escorpião de inseto, quando o correto é aracnídeo. A informação foi corrigida às 18h25).

O acidente aconteceu na tarde de sábado (24). Luci disse que a neta avisou a mãe do bicho, gritou e foi socorrida imediatamente.

“Foi tudo muito rápido. Mataram o bicho, levaram ela para um hospital em Quirinópolis, depois a levaram para Goiânia. Quando ela chegou lá já estava muito mal, entubaram ela direto e creio que em menos de duas horas ela morreu”, contou a avó.

Luci disse que a família mora em Paranaiguara, também no sul goiano, onde o corpo da netinha está sendo velado neste domingo (25). O enterro está agendado para ocorrer por volta das 16h.

A avó contou que a família está inconformada e desolada com tudo o que aconteceu.

“É um anjinho. Era dócil, meiga, carismática. Mais uma estrelinha que vai brilhar lá com o Senhor”, lamentou.

Mesmo sabendo que o acidente não aconteceu por causa de qualquer falta de cuidado, ela disse que espera que a história não deixe de ser um alerta a todos os pais. “Talvez sirva para prevenir outras famílias”, comentou.

Fonte: G1/Goiás.

PROPAGANDA

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on email