Motorista morre após carro bater de frente contra caminhão e ficar ‘esmagado’ em Porangatu;

Caminhoneiro, de 64 anos, alegou à PRF que uma carreta que seguia à sua frente reduziu a velocidade e, para não colidir na traseira do veículo, invadiu a pista contrária, quando houve a batida no acostamento da via.

Uma colisão entre um carro e um caminhão na BR-153, em Porangatu, no norte de Goiás, causou a morte de um homem de 58 anos e deixou uma mulher ferida. Ambos estavam no veículo de passeio. O acidente foi registrado por câmeras de segurança.

A batida ocorreu na manhã de domingo (21). O vídeo mostra o momento em que o caminhão, que seguia no sentido de Goiás a Tocantins, invade a faixa contrária e colide com o carro, que estava na pista oposta. O automóvel teve a frente “esmagada” pela carreta.

O motorista morreu no local da batida. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a passageira do carro, de 39 anos, foi socorrida com ferimentos leves e encaminhada à uma unidade hospitalar. O nome da mulher não foi divulgado pelas autoridades e, por isso, não se obteve informações sobre o estado de saúde dela nesta segunda-feira (22).

Para os agentes, o caminhoneiro, de 64 anos, alegou que uma carreta que seguia à sua frente reduziu a velocidade e, para não colidir na traseira do veículo, invadiu a pista contrária, provocando a colisão com o automóvel no acostamento da via.

O nome do caminhoneiro não foi divulgado. Por isso, não foi possível localizá-lo para que se posicionasse sobre o acidente.

A PRF constatou que o disco do cronotacógrafo do caminhão estava vencido há três dias. Assim, não foi possível verificar o tempo de descanso e a velocidade do veículo no momento do acidente.

Ao entrar em contato com a Polícia Civil, na tarde desta segunda-feira (22), para saber detalhes da apuração do caso, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

 

 

Fonte: G1/Goiás

PROPAGANDA

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on email