MP apura pagamento quatro vezes maior do que em outras cidades por show de PH e Michel em Mundo Novo

[post-views]

Responsável pelos shows da dupla diz que valores dos contratos variam de acordo com demanda e distância entre locais de apresentação. Valor pago aos artistas é 45% da verba total da Secretaria de Eventos e Turismo.

O Ministério Público está apurando a contratação pela Prefeitura de Mundo Novo da dupla PH e Michel por um valor quatro vezes maior do que o pago por outras cidades do interior de Goiás. O responsável pelos shows dos artistas disse que a diferença de valor cobrado é devido, entre outros fatores, às passagens de toda equipe, que estava no Paraná.

O show da dupla aconteceu no último dia 10, em comemoração ao aniversário de 42 anos da cidade. A Secretaria de Eventos e Turismo da cidade tem o orçamento anual de R$ 262 mil. Só com o show, contratado em maio deste ano, foi gasto R$ 118 mil, o que representa 45% da verba total.

Em outras cidades, como Doverlândia e Adelândia, as prefeituras pagaram respectivamente R$ 30 mil e R$ 45 mil. Os shows aconteceram cerca de um mês antes da apresentação em Mundo Novo.

Diante disso, o Ministério Público informou que “registrou notícia de fato para apurar o caso. Diligências ainda serão definidas”.

O responsável pelas licitações da Prefeitura de Mundo Novo, Marcos Delabona, informou que não há irregularidade no processo e que ele está a disposição de toda população e do Ministério Público. “A diferença dos valores acontece porque os meses de junho e julho têm, muita festa, a demanda pelos shows aumenta. Também tem a distância de onde o artista está até o local do outro show”, disse.

Júnior Sousa, responsável pelo agendamento dos shows da dupla, explicou que os cachês variam de acordo com a relevância do artista, a demanda por shows e também o local de onde o artista terá que se deslocar.

Nos casos da cidade que pagaram R$ 30 mil e R$ 45 mil os contratos foram firmados antes da pandemia, quando os custos eram outros, e que os artistas e equipe estavam em Goiânia, sendo mais barato o deslocamento.

“Antes do show em Mundo Novo, eles estavam em um show no Paraná. A equipe é composta por 20 pessoas. Só de transporte foram mais de R$ 40 mil”, disse Júnior Sousa.

Fonte: G1/Goiás

PROPAGANDA
[xyz-ips snippet="galeria"]

Compartilhar