Policial rodoviário federal é morto com tiro disparado pela namorada, diz polícia

Vítima estava de folga quando foi baleada. Não há informação no registro de ocorrência se o tiro foi acidental ou não. Mulher foi levada para a delegacia.

Um policial rodoviário federal foi encontrado morto com um tiro na cabeça dentro de uma casa em Anápolis, a 55 km de Goiânia, na madrugada desta terça-feira (4). Segundo o registro da ocorrência, a namorada, de 29 anos, atirou contra ele, mas tentou prestar socorro e aguardou a chegada da Polícia Militar. Não há informações se o disparo foi acidental ou intencional.

Igor de Aquino, de 41 anos, entrou na Polícia Rodoviária Federal (PRF) em 2005. Ele já trabalhou em Jataí e Rio Verde, mas estava trabalhando em Goiânia atualmente.

“Igor estava de folga em uma residência quando foi atingido por um disparo de arma de fogo. As circunstâncias estão sendo apuradas pela Polícia Civil de Anápolis e acompanhadas pela PRF”, disse a PRF em nota à imprensa.

De acordo com o boletim de ocorrências, a namorada foi levada para a delegacia. Ela contou que, após o disparo, jogou a arma no sofá. O caso foi registrado no Grupo de Investigação de Homicídios de Anápolis.

Fonte: G1/Goiása

PROPAGANDA

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on email