Produtores rurais são impedidos de entrarem na cidade de Turvânia para participarem de carreata

No início da tarde deste sábado, 14, a cidade de Turvânia se transformou no palco de uma situação inusitada, jamais presenciada pela população daquela pequena e pacata cidade. Inúmeros produtores rurais foram impedidos por forças policiais de entrarem na cidade para participarem de uma carreata política, um evento democrático que acontece um dia antes das eleições municipais, que irão acontecer neste domingo, dia 15.

A informação obtida por esta reportagem á de que o governador Ronaldo Caiado irá na cidade ainda neste sábado e que todo o aparato policial seria para oferecer a segurança necessária a ele e sua comitiva. Esta explicação não convenceu aos produtores rurais.

Um misto de revolta e indignação tomou conta de todos que se reuniram ao lado da rodovia GO-060, na entrada da cidade. Confira no vídeo abaixo, enviado ao Jornal A Voz do Povo, uma declaração feita por um produtor rural da região onde ele faz um desabafo contra o prefeito de Turvânia Fausto Mariano e o governado Ronaldo Caiado. Confira..

Num áudio, também enviado a nossa redação, outro produtor não poupa palavras para demonstrar a sua revolta com o caso.

Em outro áudio, gravado pelo vereador Guilherme Mariano, primo do prefeito da cidade, ele revela a participação do governador Ronaldo Caiado no caso. Ouça.

Esta reportagem tentou falar com o prefeito Fausto Mariano sobre o assunto, mas obteve retorno. Já o comandante da Polícia Militar Rodoviária, na região, Tenente Coronel Nilson, disse que o seu comando não proibiu nada. “Não proibimos nada, apenas cumprimos a legislação de trânsito”, disse ele.

Questionado se sabia da proibição da entrada das máquinas na cidade, o comandante disse que não. “Não sei se alguém proibiu a entrada de máquinas na cidade, não tenho conhecimento disso. A PRE apenas fiscaliza questões atinentes ao CTB. Nada mais”, ressaltou.

Por: Da Redação

PROPAGANDA

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on email