Professora de inglês morre de Covid-19, aos 35 anos, em São Luís de Montes Belos

[post-views]

Aos 35 anos, com uma vida toda pela frente, a professora de inglês Heloísa Helena Vieira Rebouças perdeu a batalha para a Covid-19 nesta noite no Hospital Estadual de São Luís de Montes Belos (HCamp). Com insuficiência respiratória grave, ela morreu depois de sofrer uma parada cardiorrespiratória.

Heloísa ficou internada por 7 dias na Unidade de Terapia Intensiva chegando a ter os pulmões comprometidos em 95%. Ela era funcionária pública municipal da prefeitura de São Luís de Montes Belos, na área da educação. Era solteira. O corpo da professora, que deixa inúmeros amigos, será sepultado em Aurilândia, sua terra natal.

Outros membros da família da professora também foram contaminados pelo novo Coronavírus. O pai dela está em estado grave, intubado na UTI, e a mãe dela está na enfermaria, em estado estável. A também a informação, não confirmada, que um irmão e a cunhada também haviam sido alcançados pelo vírus.

Ultimamente no Brasil a população tem relaxado nos cuidados na prevenção da Covid-19. As autoridades também flexibilizando a fiscalização e com isso as baladas, as carreatas políticas e outras formas de aglomerações têm feito com que a doença aumentasse e provocasse assim uma provável segunda onda do vírus no país. No Estado de Goiás os números já assustam as autoridades.

Em São Luís de Montes Belos a situação não é diferente. De acordo com o médico Dr. Arthur Costa, diretor da ala de Terapia Intensiva do HCamp, a quadro é preocupante. “Estamos observando o mesmo movimento de incidência, a qual foi a primeira onda, primeiro Europa, EUA, no Brasil nos estados do Sudeste e nordeste”, disse ele. Segundo o médico, a previsão de elevação dos casos em Goiás será em janeiro.

Por: Edivaldo do Jornal

PROPAGANDA
[xyz-ips snippet="galeria"]

Compartilhar