São Luís: Cenas de pessoas, em fila, recusando a vacina da Coronavac causam indignação

[post-views]

Nesta quarta-feira, 4, na feira coberta de São Luís de Montes Belos a atitude de um grupo de pessoas que estavam na fila à espera da vacina contra a Covid-19 provocou revolta e indignação a todos que presenciaram as cenas. Quando foi anunciado qual vacina seria aplicada naquele momento, que seria a Coronavac, o grupo de aproximadamente 8 pessoas saiu da fila e não recebeu a dose do imunizante.

Triste e lamentando muito pela situação, a secretária municipal de saúde Adriana Papel Dip argumentou com as pessoas no intuito de convencê-las a ficarem na fila. De acordo com ela, a vacina da Coronavac é tão eficiente e segura quanto todas as outras e que não havia motivos para a recusa. Mesmo assim o grupo se esquivou. Outras pessoas que também testemunharam a situação também ficaram irritadas e apoiaram a fala da secretária de saúde.

Em um número limitado de quantidade, a vacina da Coronavac estava disponível apenas para a 1ª dose e apesar da grande fila que se formou no local, o número foi suficiente para atender a maioria das pessoas que compareceu. Apenas alguns retardatários ficaram sem.

Diante da situação, alguém pode até pensar que estão sobrando vacinas em São Luís de Montes Belos. O que não é verdade. Até o momento, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, foram encaminhadas ao município somente 23.054 doses de vacinas, de todas as marcas.

Até o momento 25.863 doses foram distribuídas para São Luís de Montes Belos, sendo que 15.554 pessoas receberam a primeira dose, 45,69% da população. Enquanto 7.500 pessoas foram alcançadas com a segunda dose ou dose única, 22,03% dos monte-belenses.

Enquanto em vários estados a vacinação surte efeito positivo na redução de leitos hospitalares (Enfermaria e UTI), em São Luís de Montes Belos parece que a realidade é outra. Há vários dias não os leitos das Unidades de Terapia Intensivas (UTI) estão com lotação máxima. Todos ocupados. Os leitos de enfermaria seguem no mesmo ritmo. Na sua fala Adriana Papel frisou a sua preocupação com a situação.

Por: Redação / Obs.: as pessoas que aparecem na foto não são as que se recuram a tomar a vacina

PROPAGANDA
[xyz-ips snippet="galeria"]

Compartilhar