São Luís: Disputa por espaço entre facções resulta em tentativa de homicídio

Numa operação conjunta das Polícias, Militar e Civil de São Luís de Montes Belos, sob o comando do delegado Tiago Junqueira e do Tenente Coronel Sandro, nesta segunda-feira, 1º, Pedro Henrique Xavier Moco, vulgo Xavier, 19, foi preso na cidade de Firminópolis. Ele é suspeito de participação numa tentativa de homicídio. O crime aconteceu no dia 23 de maio, em um pit-dog, na Vila Mutirão, em São Luís de Montes Belos.

Xavier, que foi preso em cumprimento a um mandado de prisão. De acordo com testemunhas, ele pilotava a motocicleta que carregava na garupa o autor dos disparos que por muito pouco não ceifaram a vida de Matheus Soares da Costa, 22. No momento do fato, três pessoas estavam sentadas em um banco, na Praça do Artesão, e foram surpreendidas pelos criminosos. O garupa teria descido da motocicleta efetuando disparos na direção do grupo, vindo a atingir Matheus.

A vítima foi atingida na região das costelas por um dos disparos, foi socorrida e depois de passar pelo Hospital, que não é mais municipal, ela foi encaminhada para Goiânia em estado crítico. De acordo com o delegado Tiago Junqueira, a motivação do crime teria sido a disputa entre duas facções criminosas para atuarem na cidade e na região onde o crime aconteceu.

O autor dos disparos continua foragido. Esse é mais um crime que demonstra para a sociedade de São Luís de Montes Belos e de toda a região que o crime organizado está presente e a cada dia tenta se estabilizar mais e mais. Fica claro também que as autoridades, em todas as esferas, têm que reagir à altura para impedir a atuação desses grupos criminosos e assim, fazer com que o crime não se transforme também em uma pandemia na região.

A Polícia Militar tem agido e feito o seu papel, assim como a Polícia Civil no seu âmbito. O Poder Judiciário, que está no final da linha, também precisa fazer a sua parte e manter esses criminosos presos e longe da sociedade e mais distantes da sensação de impunidade.

Apesar de os modos operandi dessas facções em São Luís de Montes Belos serem os mesmos dos grandes centros, a Polícia Civil, de acordo com o delegado Tiago Junqueira, dentro de suas limitações, tem se desdobrado para combater mais essa modalidade de crimes que tiram o sono da sociedade.

Junqueira destaca ainda que mesmo em tempos tão complicados, em razão da atual pandemia da COVID-19, os trabalhos diurnos, bem como as ações de inteligência da Polícia Civil não param. “Principalmente no combate às ações de tais organizações e os múltiplos crimes praticados por elas”, disse ele.

Por: Edivaldo do Jornal, com informações da PC

PROPAGANDA

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on email