São Luís: Feirantes continuam sendo impedidos pela prefeitura de fazer a feira de domingo

Além de feirantes de outras cidades, que foram impedidos pelo prefeito Major ELdecírio de trabalharem na feira de domingo, em São Luís de Montes Belos, agora trabalhadores da cidade, que têm nesta feira a única fonte de renda, também estão sendo barrados pelo organizador das feiras livres, Rodrigo Catanni.

Catanni, que foi nomeado pelo prefeito para exercer a função, também é feirante, fato que chama a atenção de vários colegas porque, segundo eles, ao invés de defender a classe, ele atua como fiel defensor da administração municipal. “O comportamento do Rodrigo com o grupo é de como se ele fosse um sargento a serviço do prefeito para nos fiscalizar. Isso é um absurdo”, reclama uma feirante.

Outro feirante também critica a conduta do coordenador. Ele enviou à redação do A Voz do Povo um áudio onde mostra outra feirante fazendo uma indagação ao coordenador em um grupo de Whatsaap do grupo de feirantes. Ouçam a indagação da senhora Maria Rosa.

Em seguida, de forma dura e contundente Catanni respondeu à feirante justificando aos questionamentos feitos por ela. Confira.

O fato é que os pequenos comerciantes de São Luís de Montes Belos, que fazem as feiras livres da cidade, assim como em todo o país, estão sendo penalizados com a crise gerada pelo Coronavírus, levando todos ao isolamento determinado pelos governos, do Estado e do Município. Há quase 60 dias sem poderem trabalhar, muitos estão chegando ao desespero.

“Só eu sei os prejuízos que já tive até agora. Essas feiras são a minha única fonte renda. Não sei mais o que fazer. Ninguém nos ajuda. Deram cesta de alimentos para alguns, mas eu não recebi nada ainda. Não sei o que passa na cabeça desse prefeito. E ainda por cima ele coloca uma pessoa sem a mínima condição para coordenar as feiras. Estou indignada”, disse outra feirante.

“Ainda bem que esta administração está acabando. Em mais 40 anos que moro em São Luís eu nunca vi um prefeito trabalhar para atrapalhar quem tenta trabalhar. Isso é inédito. Esse prefeito superou todos os piores prefeitos que a nossa cidade já teve. Numa crise dessa eu e muitos colegas impedidos de trabalhar…”, disse um feirante que faz a feira de domingos há mais de 20 anos.

Recentemente a feirante Poliana Antonia de Souza (foto), de Firminópolis, ganhou na justiça o direito de continuar fazendo a feira de domingo em São Luís de Montes Belos. Ela também havia sido impedida pelo prefeito Major Eldecírio de trabalhar no local.

Os feirantes que falaram com o A Voz do Povo pediram para não se identificarem por receio de retaliação. Segundo eles, na feira coberta, junto ao coordenador, qualquer fato é motivo para polêmicas. Rodrigo Catanni foi procurado por esta reportagem para comentar o que nela foi descrito, mas ele preferiu o silêncio. A assessoria do prefeito, idem.

Por: Edivaldo do Jornal.

PROPAGANDA

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on email