São Paulo faz trinca contra o Flamengo em novembro e vai à semi da Copa do Brasil

Luciano e Pablo marcam os gols que garantem o 5 a 1 no agregado, e time Fernando Diniz terá pela frente o Grêmio. É a segunda eliminação de Rogério para o ex-clube na competição

Resumão

Classificação com cara de freguesia. O São Paulo venceu o Flamengo pela terceira vez em 18 dias e está na semifinal da Copa do Brasil. Com uma exibição inteligente e segura, o time de Fernando Diniz fez 3 a 0 nesta quarta-feira, no Morumbi, e ficou com a vaga com um 5 a 1 no agregado. Luciano, duas vezes, e Pablo fizeram os gols que eliminaram Rogério Ceni pela segunda vez na competição – o Tricolor Paulista já tinha despachado o Fortaleza nas oitavas de final.

  • Próxima fase

Com o resultado, o São Paulo terá pela frente o Grêmio na semifinal da Copa do Brasil. A vaga na decisão será definida em confrontos que praticamente fecham o calendário em 2020 nos dias 23 e 30 de dezembro. O mando de campo será sorteado pela CBF. Palmeiras e América-MG disputam a outra semi.

  • Primeiro tempo

O Flamengo controlou a bola, o São Paulo controlou o resultado. Esse foi o resumo de 45 minutos onde o time carioca cercou muito e assustou pouco. Bem organizado e postado no campo de ataque, a equipe de Rogério Ceni teve 67% de posse de bola, finalizou oito vezes, mas Tiago Volpi trabalhou pouco. Com Arão recuado para auxiliar na saída de bola e Arrascaeta como atacante, faltou quem auxiliasse Gérson no meio de campo. Em vantagem no confronto, o Tricolor marcou bem, não se expôs e apostou em contra-ataques que não aconteceram.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o Flamengo buscou a capacidade de criação de Everton Ribeiro, mas foi o São Paulo quem buscou (e achou) o gol. Em duas jogadas pelos lados do campo, aproveitou a falta de atenção de uma defesa que se enrolou na linha de impedimento, abriu 2 a 0 em dez minutos e definiu a eliminatória. Daniel Alves cruzou da direita para Luciano desviar de Diego Alves. Reinaldo cruzou da esquerda para o mesmo Luciano testar firme e ampliar. Na lona, o Flamengo ainda teve pênalti que Vitinho chutou nas alturas. Os últimos 30 minutos de jogo foram quase que protocolares, mas ainda deu tempo de Pablo aproveitar falha de Arão e fechar: 3 a 0.

Freguesia

O São Paulo passou por cima do Flamengo no mês de novembro. Em três confrontos, foram nove gols marcados e somente dois sofridos, além de comprovar uma capacidade impressionante de Fernando Diniz de segurar esse elenco rubro-negro. O treinador já tinha sido o único a não sofrer gols do time comandado por Jorge Jesus em 2019, com um 0 a 0 pelo Brasileirão. Agora, fez 4 a 1 dia 1º de novembro pelo Brasileirão, 2 a 1 dia 11 pela Copa do Brasil, ambos no Maracanã, e agora um 3 a 0 contundente.

Freguesia (2)

A classificação do São Paulo foi ainda mais dolorida para Rogério Ceni. O maior ídolo da história nunca venceu o clube como adversário desde que iniciou a carreira como treinador e sofreu duas vezes nesta Copa do Brasil. Foi eliminado nos pênaltis com o Fortaleza nas oitavas de final e com um agregado acachapante de 5 a 1 nas quartas.

Que fase!

  • A quarta-feira foi só de boas notícias para o São Paulo. Como se não bastasse a classificação para semifinal da Copa do Brasil, o Atlético-MG perdeu para o Athletico-PR em casa, chegou a 21 jogos no Brasileirão e estacionou nos 38 pontos. Com 36 e três jogos a menos, o time de Fernando Diniz vive grande momento dentro de campo e ainda está na boa para buscar a liderança da competição. Domingo, o adversário é o Vasco, no Morumbi.

 

Que fase (2)!

Por outro lado, o Flamengo vive um inferno astral. Nada dá certo. Rogério Ceni chegou ao terceiro jogo no comando da equipe sem vitórias e não tem muito tempo para lamentar. Sábado, a equipe encara o Coritiba, no Maracanã, e já viaja para Buenos Aires. Terça-feira, tem confronto com o Racing, na abertura das oitavas de final da Libertadores. Fica a expectativa pela volta de nomes importantes que estão no DM. Rodrigo Caio já está fora da partida na Argentina, mas Filipe Luís, Gabigol, Pedro e Diego Ribas serão reavaliados.

Fonte: GE/Globo.

PROPAGANDA

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on email