Secretária de São Simão contrata benzedeira para proteger prefeito acusado de pedofilia

[post-views]

Ritual iria ‘eliminar a vida de autoridades e pessoas’ que atrapalharem a vida do prefeito. Policiais encontraram caixões em miniatura e bonecos “vodu”

Secretária de Saúde de São SimãoLaize Helena. é investigada por contratar benzedeira e taróloga para proteger prefeito acusado de pedofilia. Francisco Assis Peixoto (PSDB) responde por envolvimento em casos de abuso sexual infantil. De acordo com a investigação, curandeira e cartomante fariam ritual para eliminar a vida de autoridades e pessoas que estivessem atrapalhando a vida do prefeito, que é tio da gestora em Saúde.

De acordo com a Polícia Civil, uma operação realizada nesta quinta-feira (5) cumpriu mandados de busca e apreensão na casa da funcionária pública e também em seu gabinete, localizado na Secretaria Municipal de Saúde. Nos locais, os policiais apreenderam notebooks, aparelho de telefone celular, agenda e anotações, a fim de apurar a existência de outros crimes que a mulher tenha cometido ou estaria tentando cometer.

Benzedeira e taróloga fariam ritual “vodu” em São Simão

Além disso, os agentes encontraram objetos que seriam utilizados para a execução trabalho espiritual, como dois caixões em miniatura, um boneco conhecido como “vodu” e uma cabeça feita de vela. Aos policiais, a benzedeira explicou que a cabeça representava a cabeça do delegado da cidade e que ela seria ‘arrancada de seu pescoço’, para provocar a morte do investigador. As equipes ainda encontraram papéis com anotações dos nomes de pessoas que ‘deveriam morrer’.

Secretária de Saúde de São Simão pode responder por ameaça

Segundo a corporação, além do dano moral causado aos envolvidos, a funcionária pública poderá responder pelos crimes de ameaça e outros que forem identificados no curso das investigações.

Mais Goiás tentou contato com a Secretaria Municipal de Saúde de São Simão por e-mail. Porém, até o momento da publicação não obteve nenhum posicionamento sobre o caso.

Prefeito de São Simão é investigado por pedofilia

Secretária contrata benzedeira e taróloga para proteger prefeito acusado de pedofilia

Francisco de Assis (PSDB), prefeito de São Simão é acusado de pedofilia. Benzedeira e taróloga ajudariam a protegê-lo (Foto: Reprodução/Facebook)

O prefeito de São Simão, Francisco de Assis Peixoto (PSDB), foi preso na tarde desta quarta-feira (28) a pedido do Ministério Público de Goiás (MP-GO). Ele é suspeito de envolvimento em crime contra a dignidade sexual de menor de idade. Ao todo, seis vítimas fizeram denúncias ao órgão. A assessoria de imprensa da prefeitura publicou uma nota afirmando que as acusações são infundadas e que serão esclarecidas ao longo das investigações. Francisco permaneceu em silêncio durante depoimento.

Uma das supostas vítimas do prefeito, Luís Manuel Araújo, se manifestou sobre o caso nas redes sociais. Em uma postagem ele afirmou que que fez denúncia ao MP-GO e que sofreu abusos sexuais quando tinha 9 anos e que o crime foi cometido entre os anos de 2001 e 2007 Luís disse que, por conta do crime, desenvolveu graves transtornos mentais.

“Um abuso pode ficar em um dia só, mas as marcas e as consequências vão repercutindo dia após dia. A ideia entra na sua cabeça e você não sabe o que você faz. Se você chora, se você morre, se você grita, se você finge que nada está acontecendo”, afirmou.

Fonte: Mais Goiás

PROPAGANDA
[xyz-ips snippet="galeria"]

Compartilhar