Tatuador é morto a tiros dentro do próprio estúdio, em Aparecida de Goiânia

Imagens de câmeras de monitoramento mostram quando dois homens deixam o local em horário similar ao que os vizinhos ouviram os disparos. Polícia Civil investiga o caso.

O tatuador Walef Junior Toledo, de 26 anos, foi morto a tiros no próprio estúdio de tatuagem, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. Câmeras de monitoramento da região mostram quando dois homens deixam o local pouco antes das 11h de quarta-feira (18), horário similar ao que vizinhos ouviram os disparos.

Na gravação, dois homens entram no estúdio – um com um capacete na mão e outro usando o item na cabeça. Momentos depois, o primeiro homem sai andando do local já usando o equipamento de proteção e é seguido pelo outro, que sai correndo.

Até a publicação desta reportagem, não havia informações sobre quaisquer suspeitos identificados ou presos.

A Polícia Civil registrou o caso. O delegado Charles Lobo deve ficar responsável pelas investigações. Segundo a corporação, moradores e trabalhadores da região ouviram os disparos e alertaram a Polícia Militar. A vítima foi encontrada morta no estúdio.

O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) da cidade, periciado e liberado para a família no mesmo dia. O velório e enterro estavam agendados para a manhã desta quinta-feira (19), de acordo com informações divulgadas pelos familiares.

Fonte:G1/Goiás.

PROPAGANDA

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on email