Veja quem são os 8 candidatos ao governo de Goiás

[post-views]

Em Goiás, os maiores partidos deixaram para finalizar as escolhas de chapa justamente para o último dia

Goiás tem oito candidatos ao governo nas eleições de outubro de 2022. As definições ocorreram majoritariamente no fim do prazo estabelecido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para realização das convenções partidárias. Agora, as siglas têm até dia 15 para registrar os postulantes definidos, já que as propagandas partidárias em rádio, TV e internet têm início previsto em 16 de agosto.

Veja quem compõe o grupo de candidatos ao governo de Goiás:

Cintia Dias (PSOL)

A chapa majoritária da federação Psol/Rede é formada candidata a governadora Cíntia Dias (PSOL), o vice-governador Edson Braz (Rede), ao senado, Manu Jacob (PSOL), e os dois nomes que vão concorrer às duas suplências, que são Humberto Chaves (PSOL) e Maria Luzia (PSOL).

Edigar Diniz (Novo)

Edigar Diniz, de 46 anos, é natural de Santa Helena de Goiás e tem como vice na chapa Jamil Samid. Para o senado, o partido concorre com o empresário Leonardo Rizzo (Novo).

Gustavo Mendanha (Patriota)

Ex-prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (Patriota), é considerado um dos principais players das eleições de 2022. Ele aparece em segundo lugar nas pesquisas atrás do governador Ronaldo Caiado (UB) e conta com Heuler Cruvinel (Patriota) como vice e João Campos (Republicanos) no senado.

Helga Martins (PCB)

A professa Helga Martins é o nome do Partido Comunista Brasileiro para a eleição ao governo do Estado em 2022. Lindomar Santos, também do PCB, é vice.

Professor Pantaleão (UP)

Figura icônica da militância de esquerda no Estado, o Professor Pantaleão se lança como o nome da Unidade Popular para o governo do Estado. A vice na chapa é Luciana Amorim, também do UP.

Ronaldo Caiado (União Brasil)

O governador Ronaldo Caiado (União Brasil) tenta a reeleição com chapa turbinada com 11 partidos. Para o vice, arregimentou Daniel Vilela, do MDB. Enquanto para o Senado vai com três nomes: Alexandre Baldy (PP), Delegado Waldir (UB) e Vilmar Rocha (PSD).

Major Vitor Hugo (PL)

O deputado federal Major Vitor Hugo (PL) é o nome do bolsonarismo em Goiás, já que a candidatura foi viabilizada com apoio direto do presidente Jair Bolsonaro (PL). A vice é Keila Borges, também do PL, e o empresário Wilder Morais (PL) vai tentar o Senado.

Wolmir Amado (PT)

Depois de muita negociação, o PT goiano resolveu oficializar o ex-reitor da PUC, Wolmir Amado, como candidato ao governo do Estado. O advogado Fernando Tibúrcio (PSB) para vice-governador. Enquanto a jornalista Denise Carvalho (PCdoB) tentará o Senado.

Fonte: Mais Goiás

PROPAGANDA
[xyz-ips snippet="galeria"]

Compartilhar