Por motivações, supostamente banais, homem mata outro a facadas, em Firminópolis

[post-views]

Com várias facadas pelo corpo, homem é assassinado friamente na cidade de Firminópolis. O fato aconteceu por volta de 5 horas da manhã deste domingo, 17, em uma residência, localizada no Setor Palestina. De acordo com levantamentos realizados pela Polícia Militar, o crime se deu durante uma discussão entre vítima e autor.

Segundo testemunhas, a vítima, identificada por Vanevon Paulo dos Santos, 40, (Foto), estava no local na companhia de outra pessoa ingerindo bebida alcoólica e que em dado momento o autor Wanderson Henrique de Morais, 19, chegou ao local onde minutos depois começou a brigar com a vítima, vindo a desferir contra ela vários golpes de faca.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU -, foi acionado e uma equipe de Firminópolis, chegou rápido ao local, mas infelizmente Vanevon, que estava no chão, todo ensanguentado, já estava sem vida.

O cadeirante Everaldo José da Silva, proprietário do imóvel onde o fato aconteceu, confirmou aos policiais o histórico do crime. Segundo ele, a outra pessoa que bebia junto com Vanevon era Elismar Silva Machado, vulgo “Badequinho”. Ele relatou ainda que o autor fugiu do local em uma bicicleta, de cor branca.

Elismar disse ainda aos policiais que, com medo, saiu do local e foi até uma fazenda próxima e pediu socorro, que a Polícia Militar fosse acionada pois, segundo ele, estava com muito medo. A partir desse momento diligências foram realizadas por equipes de policiais militares com o objetivo de localizar o autor do crime.

Em seguida os policiais foram até a casa do suspeito, onde foram informados pela mãe dele que o mesmo não estaria no local, que ele havia passado por lá e pegado uma mochila, dizendo que iria sumir da cidade porque havia acabado de matar uma pessoa. No local foi encontrada a bicicleta utilizada pelo suspeito.

Na residência de um primo da namorada de Wanderson, os policiais foram informados que Wanderson também havia passado por lá, todo sujo de sangue, dizendo que havia assassinado um homem e que, sem seguida, saiu sem rumo certo.  

Após incansáveis e contínuas buscas, já no período da manhã, as equipes policiais empenhadas no caso, incluindo o serviço de inteligência do 43º Batalhão da Polícia Militar, ficaram sabendo que o suspeito poderia estar na casa da sua avó. Com esta informação, uma nova estratégia foi adotada. Uma negociação foi iniciada com o objetivo da rendição do suspeito.

Uma equipe de área, juntamente com o comandante do Batalhão, Tenente Coronel Sandro Mendonça, foi até o local e após vários diálogos, Wanderson resolveu se entregar. De lá ele foi levado para o Hospital Estadual Geraldo Landó, em São Luís de Montes Belos, onde passou por exames de corpo de delito e, em seguida, ele foi entregue aos cuidados a Polícia Civil de Firminópolis, sob o comando do delegado Dr. Tiago Junqueira.

Junqueira disse ao A Voz do Povo que as circunstâncias do caso serão investigadas e que em breve o Inquérito Policial será relatado. Ele adianta que o local onde fato aconteceu é bastante visado pelas polícias por ser utilizado com frequência por dependentes químicos, usuários de drogas. Ele não descarta a possibilidade de a motivação do crime ter relação com entorpecentes.

Por: Edivaldo do Jornal

PROPAGANDA
[xyz-ips snippet="galeria"]

Compartilhar